Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar

Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o lançamento de novo cultivar. É o SCS 125 da Epagri, que foi apresentado aos produtores nesta sexta-feira, 19, durante o Dia de Campo da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), em Rio do Sul. O evento contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, e fez parte também das comemorações de 50 anos da Cravil.

"A abertura da colheita do arroz representa um marco para o agronegócio catarinense, um dia a ser celebrado. É o resultado de um trabalho coletivo que envolve produtores rurais, cooperativas, Governo do Estado e nossos técnicos e pesquisadores da Epagri. Comemoramos ainda o lançamento de um novo cultivar de arroz irrigado com características de alto índice de produtividade, que foram observadas já nas primeiras colheitas. Isso demonstra que o setor produtivo vem inovando, buscando novas tecnologias e aumentando cada vez mais a qualidade e produtividade em nossas lavouras", destaca o secretário Altair Silva.



O SCS 125 é 33º cultivar lançado em Santa Catarina e foi desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) - referência nacional em pesquisa pública com o grão. Entre as principais características deste arroz estão o alto potencial produtivo, boa qualidade de grãos, ciclo longo (tardio), resistência ao acamamento e bom nível de sanidade geral.

Segundo a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, o lançamento é mais uma prova da excelência catarinense nas pesquisas voltadas à cadeia produtiva de arroz. “Tanto esse, quanto nossos outros cultivares do grão, foram desenvolvidos pensando nas necessidades dos rizicultores catarinenses e buscam oferecer mais produtividade e sustentabilidade nas lavouras. O resultado desse trabalho se vê no campo, com Santa Catarina se firmando cada vez mais como um dos maiores produtores de arroz do Brasil”, declara.

Sanidade como diferencial produtivo

O engenheiro agrônomo da Agrogiusti, Edivani E. Coelho, já começou a plantar o SCS125 nos campos da empresa produtora de sementes de arroz e os resultados são promissores. A sanidade é um dos destaques.

De acordo com o engenheiro agrônomo, mesmo com condições climáticas favoráveis ao surgimento de doenças, com dias nublados e chuvosos, o material manteve a qualidade em relação a outros cultivares produzidos na empresa “A avaliação do desempenho do cultivar até o momento é muito boa, estamos muito satisfeitos, a expectativa é boa com relação à produtividade, sanidade e qualidade da semente”, relata.

Safra de arroz em Santa Catarina

Santa Catarina espera colher 1,18 milhão de toneladas de arroz nesta safra em 7,9 mil hectares plantados. A produção está concentrada na região de Araranguá, principalmente nos municípios de Turvo e Meleiro.

O arroz se tornou ainda um importante item na pauta de exportações catarinense. Em 2020, os embarques aumentaram mais de 600% em relação ao ano anterior, totalizando US$20,4 milhões em faturamento e 48,2 mil toneladas vendidas. Os principais compradores do arroz produzido no estado foram África do Sul, Guatemala e Senegal.

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o...
Postado em 20 de Maio de 2019 às 13h49

44ª Semana da Enfermagem do HRSP atualiza conhecimentos da equipe

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina A última semana foi voltada à atualização dos profissionais da enfermagem do Hospital Regional São Paulo, com a 44ª edição...

A última semana foi voltada à atualização dos profissionais da enfermagem do Hospital Regional São Paulo, com a 44ª edição da Semana da Enfermagem. Uma série de palestras e oficinas foi organizada pela Comissão de Educação Permanente Hospitalar, e buscou levar conhecimento a enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, além de estagiários e estudantes da área.
A abertura da semana contou com a palestra da doutoranda em Ciências da Saúde e coordenadora do curso de Enfermagem da Unochapecó, Karen Andrigue, falando sobre Gestão do Cuidado Integral em Enfermagem. No segundo dia o tema abordado foi "Terapias Integrativas e Complementares", com as palestrantes Marcela Piovezan e Solange Junges. Além disso, ao logo da tarde e noite ocorreram oficinas de terapias integrativas (Massoterapia, Auriculoterapia e Reiki), em parceria com a Mais Cursos Técnicos, e as profissionais Marcela Piovezan, Solange Jung e Ivanete Delalibera.
O terceiro dia de atividades da 44ª Semana da Enfermagem foi marcado pelo cuidado com a saúde mental do trabalhador na saúde. Uma palestra com a psicóloga Karise Woiciechoski, realizada nos turnos matutino e vespertino, abordou o tema. Na sequência da programação houve duas palestras técnicas: "Curativos: cuidados, coberturas e tratamento", ministrada pela enfermeira Camila Anastácio, da empresa Mölnlycke; e “Nutrição Parenteral”, com o farmacêutico Marlon Thiago Pereira, da Essencial Fármacos & Nutrição.
Conforme a gerente de Enfermagem do HRSP, Michele Suzana Fernandes, além dos conhecimentos técnicos, parte da programação da Semana da Enfermagem deste ano foi pensada para buscar uma reflexão interior de cada profissional da enfermagem acerca de sua escolha e como está vivendo nessa escolha. “O tema proposto: ‘Eu Escolhi a enfermagem. E você?’, convida a fazer essa reflexão, principalmente porque a essência da profissão é o cuidado e para isso todos precisam estar bem com sua escolha, ter conhecimento, dedicação e empatia pelo outro. Somos incansáveis, não nos permitimos abater, porque no coração de um enfermeiro ou técnico de enfermagem existe o mais profundo desejo de cuidar", comenta. 

Veja também

Passos Maia chega a 83,81% da população vacinada contra a gripe27/05/19 O município de Passos Maia vacinou 83,81% do público-alvo com direito à dose na Campanha de Vacinação contra a Gripe. Aberta desde abril, a mobilização segue até a próxima sexta-feira, dia 31. Ao......
Cemitério Municipal de Xanxerê é usado para rituais de limpeza20/09/19 O Cemitério Municipal de Xanxerê foi novamente alvo de rituais de limpeza nesta sexta-feira (20). Além do cemitério, uma rua no centro da cidade também recebeu os rituais. Os servidores municipais encontraram diversos animais......

Voltar para Cidades