Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar

Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o lançamento de novo cultivar. É o SCS 125 da Epagri, que foi apresentado aos produtores nesta sexta-feira, 19, durante o Dia de Campo da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), em Rio do Sul. O evento contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, e fez parte também das comemorações de 50 anos da Cravil.

"A abertura da colheita do arroz representa um marco para o agronegócio catarinense, um dia a ser celebrado. É o resultado de um trabalho coletivo que envolve produtores rurais, cooperativas, Governo do Estado e nossos técnicos e pesquisadores da Epagri. Comemoramos ainda o lançamento de um novo cultivar de arroz irrigado com características de alto índice de produtividade, que foram observadas já nas primeiras colheitas. Isso demonstra que o setor produtivo vem inovando, buscando novas tecnologias e aumentando cada vez mais a qualidade e produtividade em nossas lavouras", destaca o secretário Altair Silva.



O SCS 125 é 33º cultivar lançado em Santa Catarina e foi desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) - referência nacional em pesquisa pública com o grão. Entre as principais características deste arroz estão o alto potencial produtivo, boa qualidade de grãos, ciclo longo (tardio), resistência ao acamamento e bom nível de sanidade geral.

Segundo a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, o lançamento é mais uma prova da excelência catarinense nas pesquisas voltadas à cadeia produtiva de arroz. “Tanto esse, quanto nossos outros cultivares do grão, foram desenvolvidos pensando nas necessidades dos rizicultores catarinenses e buscam oferecer mais produtividade e sustentabilidade nas lavouras. O resultado desse trabalho se vê no campo, com Santa Catarina se firmando cada vez mais como um dos maiores produtores de arroz do Brasil”, declara.

Sanidade como diferencial produtivo

O engenheiro agrônomo da Agrogiusti, Edivani E. Coelho, já começou a plantar o SCS125 nos campos da empresa produtora de sementes de arroz e os resultados são promissores. A sanidade é um dos destaques.

De acordo com o engenheiro agrônomo, mesmo com condições climáticas favoráveis ao surgimento de doenças, com dias nublados e chuvosos, o material manteve a qualidade em relação a outros cultivares produzidos na empresa “A avaliação do desempenho do cultivar até o momento é muito boa, estamos muito satisfeitos, a expectativa é boa com relação à produtividade, sanidade e qualidade da semente”, relata.

Safra de arroz em Santa Catarina

Santa Catarina espera colher 1,18 milhão de toneladas de arroz nesta safra em 7,9 mil hectares plantados. A produção está concentrada na região de Araranguá, principalmente nos municípios de Turvo e Meleiro.

O arroz se tornou ainda um importante item na pauta de exportações catarinense. Em 2020, os embarques aumentaram mais de 600% em relação ao ano anterior, totalizando US$20,4 milhões em faturamento e 48,2 mil toneladas vendidas. Os principais compradores do arroz produzido no estado foram África do Sul, Guatemala e Senegal.

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o...
Postado em 30 de Abril de 2019 às 13h16

Alunas de Ballet comemoram o Dia Internacional da Dança em Marema

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina as gratuitamente pela Prefeitura. Quase 50 crianças frequentam turmas organizadas pelo Departamento Municipal de Cultura e pelo SCFV (Servido de Convivência e...

as gratuitamente pela Prefeitura. Quase 50 crianças frequentam turmas organizadas pelo Departamento Municipal de Cultura e pelo SCFV (Servido de Convivência e Fortalecimento de Vínculos).

De acordo com a Primeira Dama de Marema e Diretora do Departamento de Cultura, Simone Barella, “a dança capta e transmite traços de diferentes culturas. Apesar de existirem diversos estilos de dança, cada uma mantem uma personalidade. Neste sentido, o Dia da Dança valoriza e faz uma homenagem para essa manifestação artística, uma das mais animadas e antigas que existem,” afirma.

Conforme a professora de Ballet, Évelin, são quatro turmas em Marema, com alunas a partir de três anos de idade. “O Ballet clássico, assim como qualquer atividade relacionada à cultural, esporte e lazer, ele desperta nas crianças a responsabilidade, a dedicação e o comprometimento. Essa atividade física proporciona muitos benefícios para o desenvolvimento pessoal, melhora a flexibilidade, ajuda na concentração, fortalece o respeito, o companheirismo e a amizade. Por isso tudo, o investimento nessa atividade pelo Poder Público, é muito importante,” afirma a Professora Evelin.

Veja também

Prefeitura de Xanxerê define que reinauguração da Arena Ivo Sguissardi terá evento oficial da FIFA24/04/19 Com a proximidade da conclusão das obras da Arena Ivo Sguissardi, aconteceu na manhã desta quarta-feira (24), uma reunião no gabinete do prefeito Avelino Menegolla, a fim de definir as tratativas para a reinauguração do local, símbolo da passagem do tornado por Xanxerê, em 20 de abril de 2015. Está definido que haverá um evento oficial da FIFA, colocando......
Deputada Caroline De Toni destina emenda ao HRSP15/07/19 A direção do Hospital Regional São Paulo (HRSP) recebeu na última sexta-feira (12) uma indicação de emenda no valor de R$ 300 mil, realizada pela deputada federal Caroline De Toni (PSL). O recurso, para custeio de......

Voltar para Cidades