Postado em 28 de Maio de 2019 às 09h12

AMAI adere ao Projeto Recuperar em reunião na Casa Civil

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina A presidente da AMAI e prefeita de São Domingos Eliéze Comachio, acompanhada da secretária executiva Ingrid Piovesan e o engenheiro Civil da AMAI,...

A presidente da AMAI e prefeita de São Domingos Eliéze Comachio, acompanhada da secretária executiva Ingrid Piovesan e o engenheiro Civil da AMAI, Alexandre Bée Longhi participou na manhã de ontem(27) de uma reunião na Secretaria de Estado da Casa Civil.
Recebidos pelo Consultor da Central de Atendimento aos Municípios, Alessandro Vargas, Coordenador da Central de atendimento aos Municípios, Gabriel Arthur Loeff e o Diretor Executivo Cim-Catarina, Elói Rönnau, a reunião tratou sobre o Projeto Recuperar, voltado a melhoria da malha viária estadual, e que foi lançado no início do mês pelo Governo Estadual em parceria com a FECAM e Associações de Municípios.
A intenção do governo é realizar as melhorias em menor espaço de tempo possível com operacionalização junto a FECAM articulado através dos consórcios públicos que tenham finalidade compatível com a prestação de serviço de infraestrutura.
Eliéze comenta que a reunião foi fundamental para esclarecimento de dúvidas e que a AMAI vai aderir ao projeto pelo Consórcio Intermunicipal Catarinense (CIM-CATARINA).
“Tivemos a oportunidade de sanar dúvidas quanto a malha viária estadual da região, tanto pavimentada quanto não. A região da AMAI vai aderir ao projeto Recuperar através do CIM-Catarina. Agora aguardamos as questões burocráticas e jurídicas para andamento do processo”.
Desde o anúncio do projeto, a Secretaria de Estado da Casa Civil ouve em reuniões individuais as associações de municípios, que pontuam sua realidade e ações que consideram relevantes para manutenção viária regional.
“Sugerimos também alguns pontos para melhoria da manutenção e trafegabilidade da região, que serão unidas aos demais pedidos de associações, para elaboração de plano de trabalho e definições mais amplas em relação aos recursos e execução”, completa Eliéze.
São previstos para investimento do Governo estadual, via Fundo de Infraestrutura, mais de R$ 74 milhões em 2019, e R$120 milhões nos próximos dois anos, totalizando até final de 2022, R$ 434 milhões em infraestrutura. Para aderir, os municípios têm até 01 de agosto para assinatura do termo.

Veja também

Processamento da carne de frango é tema de curso no interior de Passos Maia14/06/19 Um grupo de mulheres do interior de Passos Maia aprendeu nesta semana novas técnicas de processamento da carne de frango em um curso realizado ao longo de dois dias. As atividades aconteceram no Assentamento Zumbi dos Palmares, envolvendo também moradoras dos Assentamentos 20 de Novembro e 29 de Junho. Ministrado pelo Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), por meio de uma parceria......
Passos Maia recebe dois micro-ônibus novos para o transporte escolar16/07/19 Dois micro-ônibus novos chegaram nesta semana para reforçar a frota de veículos do transporte escolar do município de Passos Maia. Os coletivos foram adquiridos com recursos do programa Caminho da Escola, do Fundo Nacional de......

Voltar para Cidades