Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar

Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o lançamento de novo cultivar. É o SCS 125 da Epagri, que foi apresentado aos produtores nesta sexta-feira, 19, durante o Dia de Campo da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), em Rio do Sul. O evento contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, e fez parte também das comemorações de 50 anos da Cravil.

"A abertura da colheita do arroz representa um marco para o agronegócio catarinense, um dia a ser celebrado. É o resultado de um trabalho coletivo que envolve produtores rurais, cooperativas, Governo do Estado e nossos técnicos e pesquisadores da Epagri. Comemoramos ainda o lançamento de um novo cultivar de arroz irrigado com características de alto índice de produtividade, que foram observadas já nas primeiras colheitas. Isso demonstra que o setor produtivo vem inovando, buscando novas tecnologias e aumentando cada vez mais a qualidade e produtividade em nossas lavouras", destaca o secretário Altair Silva.



O SCS 125 é 33º cultivar lançado em Santa Catarina e foi desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) - referência nacional em pesquisa pública com o grão. Entre as principais características deste arroz estão o alto potencial produtivo, boa qualidade de grãos, ciclo longo (tardio), resistência ao acamamento e bom nível de sanidade geral.

Segundo a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, o lançamento é mais uma prova da excelência catarinense nas pesquisas voltadas à cadeia produtiva de arroz. “Tanto esse, quanto nossos outros cultivares do grão, foram desenvolvidos pensando nas necessidades dos rizicultores catarinenses e buscam oferecer mais produtividade e sustentabilidade nas lavouras. O resultado desse trabalho se vê no campo, com Santa Catarina se firmando cada vez mais como um dos maiores produtores de arroz do Brasil”, declara.

Sanidade como diferencial produtivo

O engenheiro agrônomo da Agrogiusti, Edivani E. Coelho, já começou a plantar o SCS125 nos campos da empresa produtora de sementes de arroz e os resultados são promissores. A sanidade é um dos destaques.

De acordo com o engenheiro agrônomo, mesmo com condições climáticas favoráveis ao surgimento de doenças, com dias nublados e chuvosos, o material manteve a qualidade em relação a outros cultivares produzidos na empresa “A avaliação do desempenho do cultivar até o momento é muito boa, estamos muito satisfeitos, a expectativa é boa com relação à produtividade, sanidade e qualidade da semente”, relata.

Safra de arroz em Santa Catarina

Santa Catarina espera colher 1,18 milhão de toneladas de arroz nesta safra em 7,9 mil hectares plantados. A produção está concentrada na região de Araranguá, principalmente nos municípios de Turvo e Meleiro.

O arroz se tornou ainda um importante item na pauta de exportações catarinense. Em 2020, os embarques aumentaram mais de 600% em relação ao ano anterior, totalizando US$20,4 milhões em faturamento e 48,2 mil toneladas vendidas. Os principais compradores do arroz produzido no estado foram África do Sul, Guatemala e Senegal.

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o...
Postado em 29 de Julho de 2019 às 13h39

Cordilheira Alta assina contrato de R$ 6,5 milhões para obras na cidade

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Na manhã desta segunda-feira (29), ocorreu no auditório da prefeitura Municipal de Cordilheira Alta, o ato de assinatura do contrato entre o município e a...

Na manhã desta segunda-feira (29), ocorreu no auditório da prefeitura Municipal de Cordilheira Alta, o ato de assinatura do contrato entre o município e a Caixa Econômica Federal, a qual financiará R$ 6,5 milhões em obras de reestruturação do centro da cidade, com melhorias nos passeios, asfaltamento, iluminação pública, paisagismo, implantação de rede de esgoto e ainda a construção do contorno viário oeste, ligando o Bairro Rosa Linda a Rua Rogério Dal Santo, com asfaltamento, ciclovia, passeios e iluminação. Além das obras de infraestrutura, os recursos também serão usados para reformas e ampliações no CEM Mediação e no Ginásio Municipal Ludovico Tozzo.
Segundo o prefeito Carlos Alberto Tozzo, o investimento total nas obras projetadas será de mais de R$ 9 milhões. “Estamos fazendo este financiamento junto a CAIXA, após um estudo minucioso da capacidade de endividamento do município. Dados técnicos mostravam que poderíamos contrair até R$ 12 milhões se quiséssemos, mas vamos usar apenas R$ 6,5 milhões e as parcelas são tranquilamente pagáveis, é uma operação muito segura. Além deste valor financiado, vamos investir mais de R$ 2,5 milhões em recursos próprios, totalizando mais de R$ 9 milhões em obras. Será o maior investimento em obras urbanas da história do nosso município. É uma grande reivindicação da sociedade que estamos atendendo e com certeza, a partir deste investimento Cordilheira Alta terá uma “nova cara”, muito mais moderna, condizente com a nossa realidade e nosso povo, consequentemente, muito mais qualidade de vida”, finaliza.
O ato de assinatura do contrato contou com a presença do superintendente regional da CAIXA, Ruben Valter Grams, da gerente geral da Agência Condá, Suria Regina Issa, representantes da gerência executiva de governo, com sede em Chapecó, do prefeito Carlos Alberto Tozzo, vereadores, secretários e demais servidores municipais. Os vereadores Edimar dos Passos e Luiz Carlos Giordan, assinaram o contrato como testemunhas, representando o poder legislativo municipal.
Com a assinatura do contrato, o município já trabalha no lançamento dos processos licitatórios para que as obras iniciem o mais rápido possível.

Fonte: Prefeitura de Cordilheira Alta

Veja também

Governo de Xaxim reúne pacientes operados no Mutirão de Cirurgias de Coluna e Próteses de Joelho14/06/19 Foi realizada na manhã desta sexta-feira (14), no Gabinete Municipal, uma coletiva de imprensa com a presença de pacientes operados no Mutirão de Cirurgias de Coluna e Próteses de Joelho que contemplou, até agora, 33 pacientes que foram operados no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo, em abril e maio. Pagas com recursos próprios do Governo Municipal, as......

Voltar para Cidades