Postado em 17 de Janeiro de 2019 às 17h41

Deputado Mauro De Nadal pede operação emergêncial para recuperar SCs

O pedido feito é para melhorias na SC 283 de Águas de Chapecó até Mondaí, além do trecho de Iporã do Oeste até Itapiranga, o trecho da 282 até Serra Alta e o trecho de Campo Erê e São Lourenço do Oeste. 

Florianópolis - O deputado Mauro de Nadal interrompeu o recesso parlamentar e esteve reunido, com a vice-governadora Daniela Reinehr, tratando da recuperação emergencial de rodovias da região.


O pedido feito é para melhorias na SC 283 de Águas de Chapecó até Mondaí, além do trecho de Iporã do Oeste até Itapiranga, o trecho da 282 até Serra Alta e o trecho de Campo Erê e São Lourenço do Oeste.


“ São trechos que estão muito desgastados e muito deteriorados e agora estão em situação mais crítica devido às chuvas de verão “ disse o deputado Mauro De Nadal.


Na gestão anterior, o governo do Estado tinha previsto a recuperação desses trechos, mas não conseguiu viabilizar o andamento das obras porque não foi liberado um financiamento encaminhado ao BNDES.


“Agora reivindicamos ao governo do Estado uma operação de tapa-buracos, ao menos, para evitar acidentes maiores, pois o tráfego é intenso nessas rodovias. Por isso é necessário fazer os reparos com urgência”, afirma o deputado.


Mauro De Nadal disse que a operação poderá iniciar já a partir da próxima semana, assim que o Deinfra de Chapecó e São Miguel do Oeste conseguirem organizar a operação.


Segundo o deputado, a vice-governadora foi muito atenciosa com o pedido, pois conhece a região e sabe da importância dessas rodovias para o desenvolvimento do Estado.

Veja também

Semana do Município é encerrada com shows e mateada em Ponte Serrada31/07/19 Centenas de pessoas prestigiaram o encerramento da programação alusiva aos 61 anos de emancipação político-administrativa de Ponte Serrada que aconteceu no último domingo (28), na Praça ao lado do Salão......
Chuva causa estragos e mantém Defesa Civil de Santa Catarina em alerta18/02/19 As principais ocorrências foram deslizamentos, alagamentos, inundações e quedas de árvores. A Secretaria de Estado da Defesa Civil, por meio das coordenadorias regionais, acompanha a situação nos......

Voltar para Cidades