Postado em 20 de Março às 10h49

Diretoria provisória assume gestão do Lar do Idoso de Xanxerê

Equipe ficará a frente dos trabalhos até a eleição de nova diretoria. 

Por Joimara S.Camilotti
Xanxerê – O Lar do Idoso do município conheceu na manhã desta quarta-feira (20) a diretoria provisória que irá realizar a gestão da instituição. Desde que foi assumido um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), a então diretoria que gerenciava o Lar, foi afastada e se iniciou um cronograma de ações a serem desenvolvidas.

Durante a quarta-feira, o promotor de justiça, Marcos Augusto Brandalise esteve participando de uma reunião no Lar, onde foi formada a nova gestão que deverá ficar a frente dos trabalhos pelo período de 30 dias, formada pela enfermeira Deise Jaqueline Nascimento, psicóloga Mônica Cristina Gazziero e a assistente social Silvia Maria Neckler.

“Estamos dando atenção ao cumprimento do TAC, no dia 18 já viemos verificar o afastamento do servidor, hoje é o prazo para entregarem as atas de anulação das eleições ocorridas no ano passado e também é um dia importante para o Lar, porque está tendo a troca de gestão”, comentou o promotor. 

Conforme Brandalise, a promotoria estará dando auxilio técnico a nova gestão, enquanto se realiza o processo eleitoral para que uma diretoria definitiva assuma. A expectativa é que em 30 dias isto ocorra, e o promotor enfatiza que assim que for definido o cronograma, as datas para as pessoas interessadas em se candidatar será amplamente divulgado. 

“O Conselho formado ainda está no prazo e estão trabalhando muito, logo vamos divulgar o cronograma, por enquanto é o cronograma do TAC, a gente quer sempre transparência nesse processo. Quem quiser participar precisa aguardar o cronograma e quando sair a data de inscrição vamos fazer uma ampla divulgação. Acreditamos que mais uma semana já devemos ter datas”, disse.

De acordo com a enfermeira Deise Nascimento, a equipe terá um grande trabalho pela frente a partir desta data, se inteirando na questão das contas e principalmente motivando a equipe para prestar um bom atendimento. Como está há mais de dois anos atuando no Lar, já é conhecedora da rotina e necessidades que deverá ser cumprida. 

“Vamos trabalhar em conjunto com o Conselho do Idoso, assistência social, prefeitura para a gente fazer o contrato com novo administrador e cuidar do lar e dos idosos até essa nova diretoria assumir. Também estamos com as mãos atadas, vamos pegar o barco andando, a gente vai começar do zero. Foi privado muita coisa dos idosos e agora o direito deles vai ser preservado”.

A frente do Lar do Idoso, desde sua criação, Dionete Rech aguarda para saber qual função lhe caberá na instituição, mas garante ter feito o que pode e que se sair fará o mesmo de cabeça erguida. 

“Hoje está sendo resolvido tudo, com tudo documentado, estamos entregando tudo conforme pedido. Foi uma experiencia de vida muito boa, um projeto meu, foram 11 anos de luta para construir, tudo feito com doações, porque não vem dinheiro de órgão nenhum, se saio ou não é de cabeça erguida, foram 16 anos de vida dedicado a outro tipo de vida”, finalizou.

(fotos – Aline Tonello/TSX)

Veja também

Legislativo aguarda há cinco anos implantação da Lei de Controle de Zoonoses19/06 O vereador Progressista, Agenor Junior Maier fez novo apelo ao Executivo para que seja implantada a Lei de Controle de Zoonoses, que praticamente desde o primeiro encontro, realizado em 2015 para discussão da mesma e até o momento, nenhum projeto foi encaminhado ao Poder Legislativo. O último encontro aconteceu em março deste ano com a presença de Corpo de Bombeiros, Procuradoria......

Voltar para Cidades