Postado em 19 de Novembro às 16h10

Estacionamento rotativo passará por mudanças em Xaxim

O sistema de estacionamento rotativo de Xaxim deve mudar, mas não da forma que espera a maioria dos xaxinenses. Após várias indicações e requerimentos aprovados pelos vereadores xaxinenses, expondo dúvidas e reclamações dos munícipes quanto ao estacionamento rotativo, o diretor Municipal de Trânsito, Luis Alvaro Stieven juntamente com a advogada da Prefeitura, Aline Chiodi, estiveram na Sala de Comissões conversando com os vereadores acerca do assunto. 

Por Raphael Spiller

Dentre as principais reclamações da população, repercutidas pelos vereadores em sessões legislativas, estão a falta de monitores nas ruas e a falta de pontos de venda físicos para a compra de créditos para o rotativo. ?A principal dificuldade é para o pessoal do interior, que vem para o centro de Xaxim para ir ao banco, por exemplo. Grande parte deles não utiliza smartphone, muito menos o aplicativo do estacionamento rotativo. A falta de pontos de venda e a dificuldade de encontrar monitores para adquirir os créditos são as principais queixas?, diz o presidente da Câmara Legislativa de Xaxim, Agenor Junior Maier em entrevista. 


O diretor municipal de trânsito esclarece que não existem mais pontos de venda de crédito no comércio local, e que conforme comprovado pela empresa, o valor de investimento para instalação do sistema era alto, e a compra nesses locais, baixa. Neste sentido, o diretor de trânsito orienta que as pessoas que não se adaptaram com o aplicativo e que por muitas vezes têm dificuldade em encontrar um monitor, que se direcione até a empresa ou com o próprio funcionário da empresa na rua e faça o cadastro da placa do veículo, que o valor será descontado automaticamente, evitando multas e problemas.

Empresa deve propor reajuste de tarifa
Em relação as tarifas do estacionamento, o diretor justifica que os valores estão abaixo dos cobrados comparando com outros municípios da região. Segundo o presidente do legislativo, a empresa apresentou relatórios que comprovam que a mesma está trabalhando no vermelho. ?A empresa alega que o custo de manutenção de toda a operação é alto, não sendo viável a cobrança nos valores atuais?, comentou. ?Porém, se o pedido de reajuste passar pela câmara, vamos conversar com a população e entidades para analisar a proposta?, concluiu.

Modificações nas ruas
A partir do dia 09 de dezembro, segundo o diretor de Trânsito, não será mais cobrado estacionamento rotativo nas seguintes ruas: Avenida Giácomo Lunardi, próximo ao Peretti, entre as ruas Pedro Lunardi e Getúlio Vargas; Avenida Luiz Lunardi, entre as ruas Pedro Lunardi e Getúlio Vargas, abaixo do Dom Bosco; Rua Cândido Teston, da antiga delegacia e Rua Vista Alegre no trecho compreendido entre a Caixa Econômica e Rua Cândido Teston. Passará a ser cobrada estacionamento rotativo na Avenida Julio Lunardi no trecho entre a Cândido Teston e a Rui Barbosa.

Veja também

Voltar para Cidades