Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar

Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o lançamento de novo cultivar. É o SCS 125 da Epagri, que foi apresentado aos produtores nesta sexta-feira, 19, durante o Dia de Campo da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), em Rio do Sul. O evento contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, e fez parte também das comemorações de 50 anos da Cravil.

"A abertura da colheita do arroz representa um marco para o agronegócio catarinense, um dia a ser celebrado. É o resultado de um trabalho coletivo que envolve produtores rurais, cooperativas, Governo do Estado e nossos técnicos e pesquisadores da Epagri. Comemoramos ainda o lançamento de um novo cultivar de arroz irrigado com características de alto índice de produtividade, que foram observadas já nas primeiras colheitas. Isso demonstra que o setor produtivo vem inovando, buscando novas tecnologias e aumentando cada vez mais a qualidade e produtividade em nossas lavouras", destaca o secretário Altair Silva.



O SCS 125 é 33º cultivar lançado em Santa Catarina e foi desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) - referência nacional em pesquisa pública com o grão. Entre as principais características deste arroz estão o alto potencial produtivo, boa qualidade de grãos, ciclo longo (tardio), resistência ao acamamento e bom nível de sanidade geral.

Segundo a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, o lançamento é mais uma prova da excelência catarinense nas pesquisas voltadas à cadeia produtiva de arroz. “Tanto esse, quanto nossos outros cultivares do grão, foram desenvolvidos pensando nas necessidades dos rizicultores catarinenses e buscam oferecer mais produtividade e sustentabilidade nas lavouras. O resultado desse trabalho se vê no campo, com Santa Catarina se firmando cada vez mais como um dos maiores produtores de arroz do Brasil”, declara.

Sanidade como diferencial produtivo

O engenheiro agrônomo da Agrogiusti, Edivani E. Coelho, já começou a plantar o SCS125 nos campos da empresa produtora de sementes de arroz e os resultados são promissores. A sanidade é um dos destaques.

De acordo com o engenheiro agrônomo, mesmo com condições climáticas favoráveis ao surgimento de doenças, com dias nublados e chuvosos, o material manteve a qualidade em relação a outros cultivares produzidos na empresa “A avaliação do desempenho do cultivar até o momento é muito boa, estamos muito satisfeitos, a expectativa é boa com relação à produtividade, sanidade e qualidade da semente”, relata.

Safra de arroz em Santa Catarina

Santa Catarina espera colher 1,18 milhão de toneladas de arroz nesta safra em 7,9 mil hectares plantados. A produção está concentrada na região de Araranguá, principalmente nos municípios de Turvo e Meleiro.

O arroz se tornou ainda um importante item na pauta de exportações catarinense. Em 2020, os embarques aumentaram mais de 600% em relação ao ano anterior, totalizando US$20,4 milhões em faturamento e 48,2 mil toneladas vendidas. Os principais compradores do arroz produzido no estado foram África do Sul, Guatemala e Senegal.

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o...
Postado em 19 de Novembro de 2018 às 16h10

Estacionamento rotativo passará por mudanças em Xaxim

O sistema de estacionamento rotativo de Xaxim deve mudar, mas não da forma que espera a maioria dos xaxinenses. Após várias indicações e requerimentos aprovados pelos vereadores xaxinenses, expondo dúvidas e reclamações dos munícipes quanto ao estacionamento rotativo, o diretor Municipal de Trânsito, Luis Alvaro Stieven juntamente com a advogada da Prefeitura, Aline Chiodi, estiveram na Sala de Comissões conversando com os vereadores acerca do assunto. 

Por Raphael Spiller

Dentre as principais reclamações da população, repercutidas pelos vereadores em sessões legislativas, estão a falta de monitores nas ruas e a falta de pontos de venda físicos para a compra de créditos para o rotativo. ?A principal dificuldade é para o pessoal do interior, que vem para o centro de Xaxim para ir ao banco, por exemplo. Grande parte deles não utiliza smartphone, muito menos o aplicativo do estacionamento rotativo. A falta de pontos de venda e a dificuldade de encontrar monitores para adquirir os créditos são as principais queixas?, diz o presidente da Câmara Legislativa de Xaxim, Agenor Junior Maier em entrevista. 


O diretor municipal de trânsito esclarece que não existem mais pontos de venda de crédito no comércio local, e que conforme comprovado pela empresa, o valor de investimento para instalação do sistema era alto, e a compra nesses locais, baixa. Neste sentido, o diretor de trânsito orienta que as pessoas que não se adaptaram com o aplicativo e que por muitas vezes têm dificuldade em encontrar um monitor, que se direcione até a empresa ou com o próprio funcionário da empresa na rua e faça o cadastro da placa do veículo, que o valor será descontado automaticamente, evitando multas e problemas.

Empresa deve propor reajuste de tarifa
Em relação as tarifas do estacionamento, o diretor justifica que os valores estão abaixo dos cobrados comparando com outros municípios da região. Segundo o presidente do legislativo, a empresa apresentou relatórios que comprovam que a mesma está trabalhando no vermelho. ?A empresa alega que o custo de manutenção de toda a operação é alto, não sendo viável a cobrança nos valores atuais?, comentou. ?Porém, se o pedido de reajuste passar pela câmara, vamos conversar com a população e entidades para analisar a proposta?, concluiu.

Modificações nas ruas
A partir do dia 09 de dezembro, segundo o diretor de Trânsito, não será mais cobrado estacionamento rotativo nas seguintes ruas: Avenida Giácomo Lunardi, próximo ao Peretti, entre as ruas Pedro Lunardi e Getúlio Vargas; Avenida Luiz Lunardi, entre as ruas Pedro Lunardi e Getúlio Vargas, abaixo do Dom Bosco; Rua Cândido Teston, da antiga delegacia e Rua Vista Alegre no trecho compreendido entre a Caixa Econômica e Rua Cândido Teston. Passará a ser cobrada estacionamento rotativo na Avenida Julio Lunardi no trecho entre a Cândido Teston e a Rui Barbosa.

Veja também

Passos Maia chega a 83,81% da população vacinada contra a gripe27/05/19 O município de Passos Maia vacinou 83,81% do público-alvo com direito à dose na Campanha de Vacinação contra a Gripe. Aberta desde abril, a mobilização segue até a próxima sexta-feira, dia 31. Ao todo, de um total de 1.693 pessoas do público-alvo, 1.362 já foram vacinadas, além de outras 62 de moradores em geral, já que a......
Jovens xaxinenses participam de missões no Rio de janeiro16/07/19 Um grupo de jovens da Paróquia São Luiz Gonzaga partiu, no início da tarde de hoje (16), da Praça Matriz em Xaxim, para uma experiência de missão na cidade do Rio de Janeiro. A iniciativa faz parte de um projeto......
Protetores ambientais realizam plantio em nascente em Cordilheira Alta02/09/19 Os alunos da Escola Básica Municipal Fernando Machado e da escola Estadual de Cordilheira alta, integrantes do programa Protetor Ambiental da Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina (PMA/SC), realizaram atividade especial de plantio de......

Voltar para Cidades