Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar

Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o lançamento de novo cultivar. É o SCS 125 da Epagri, que foi apresentado aos produtores nesta sexta-feira, 19, durante o Dia de Campo da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), em Rio do Sul. O evento contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, e fez parte também das comemorações de 50 anos da Cravil.

"A abertura da colheita do arroz representa um marco para o agronegócio catarinense, um dia a ser celebrado. É o resultado de um trabalho coletivo que envolve produtores rurais, cooperativas, Governo do Estado e nossos técnicos e pesquisadores da Epagri. Comemoramos ainda o lançamento de um novo cultivar de arroz irrigado com características de alto índice de produtividade, que foram observadas já nas primeiras colheitas. Isso demonstra que o setor produtivo vem inovando, buscando novas tecnologias e aumentando cada vez mais a qualidade e produtividade em nossas lavouras", destaca o secretário Altair Silva.



O SCS 125 é 33º cultivar lançado em Santa Catarina e foi desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) - referência nacional em pesquisa pública com o grão. Entre as principais características deste arroz estão o alto potencial produtivo, boa qualidade de grãos, ciclo longo (tardio), resistência ao acamamento e bom nível de sanidade geral.

Segundo a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, o lançamento é mais uma prova da excelência catarinense nas pesquisas voltadas à cadeia produtiva de arroz. “Tanto esse, quanto nossos outros cultivares do grão, foram desenvolvidos pensando nas necessidades dos rizicultores catarinenses e buscam oferecer mais produtividade e sustentabilidade nas lavouras. O resultado desse trabalho se vê no campo, com Santa Catarina se firmando cada vez mais como um dos maiores produtores de arroz do Brasil”, declara.

Sanidade como diferencial produtivo

O engenheiro agrônomo da Agrogiusti, Edivani E. Coelho, já começou a plantar o SCS125 nos campos da empresa produtora de sementes de arroz e os resultados são promissores. A sanidade é um dos destaques.

De acordo com o engenheiro agrônomo, mesmo com condições climáticas favoráveis ao surgimento de doenças, com dias nublados e chuvosos, o material manteve a qualidade em relação a outros cultivares produzidos na empresa “A avaliação do desempenho do cultivar até o momento é muito boa, estamos muito satisfeitos, a expectativa é boa com relação à produtividade, sanidade e qualidade da semente”, relata.

Safra de arroz em Santa Catarina

Santa Catarina espera colher 1,18 milhão de toneladas de arroz nesta safra em 7,9 mil hectares plantados. A produção está concentrada na região de Araranguá, principalmente nos municípios de Turvo e Meleiro.

O arroz se tornou ainda um importante item na pauta de exportações catarinense. Em 2020, os embarques aumentaram mais de 600% em relação ao ano anterior, totalizando US$20,4 milhões em faturamento e 48,2 mil toneladas vendidas. Os principais compradores do arroz produzido no estado foram África do Sul, Guatemala e Senegal.

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o...
Postado em 16 de Janeiro de 2019 às 14h26

Estudo técnico para construção de bacias de contenção da água da chuva é recebido pela Prefeitura de Xanxerê

O objeto do estudo tratou da execução de obras preventivas de inundação, em 11 pontos. A previsão de investimento gira em torno de R$ 11 milhões, recurso que deverá ser buscado através do governo Federal.

Xanxerê - A administração municipal recebeu, ainda no fim de 2018, o estudo técnico realizado pela Defesa Civil de Santa Catarina, que contempla a criação e instalação das bacias de contenção da água da chuva, em pontos estratégicos, evitando novos alagamentos. Trata-se de um projeto ousado, grande e que a previsão de investimento gira em torno de R$ 11 milhões, recurso que deve ser buscado através do governo Federal.

O prefeito Avelino Menegolla, acompanhado do secretário Municipal de Obras, Rivael Freschi, estive em Florianópolis conversando com a equipe da Defesa Civil e, recebendo as orientações.

- Há décadas os moradores e comerciantes do centro e dos bairros sofrem com os problemas de alagamento a cada período de forte chuva que temos. Recebemos o projeto da Defesa Civil e agora vamos buscar recursos para execução, já que é muito importante essa obra – garante o prefeito.

A expectativa é agendar, para o fim deste mês ou a partir de fevereiro, uma audiência com a equipe da Defesa Civil Nacional, que tem sua sede em Brasília, para apresentar o projeto e verificar o planejamento financeiro do novo governo, a fim de buscar recursos.


Sobre o projeto
O objeto do estudo tratou da execução de obras preventivas de inundação, em 11 pontos de Xanxerê, em que cinco deles serão destinados à implantação de bacias de detenção de inundação e os outros seis, para reabilitação dos cursos de água, como a recuperação das margens fluviais e uso de estruturas físicas para a diminuição de energia da água, como colchão Reno e degraus de dissipação de energia.

Conforme o relatório de diagnóstico, Xanxerê sofre com constantes eventos naturais dos mais variados tipos, com registros nos anos de 1961, 1974, 1979, 1983 até os dias atuais. Através de levantamento realizado pela coordenadoria Regional da Defesa Civil, foram 58 ocorrências de enchente, enxurradas, alagamento e chuva intensa entre 1980 a 2018.

Os pontos vistoriados com proposta para medidas estruturais para minimizar as inundações, como contenções e bacias de detenção de inundações estão localizados entre as regiões da Linha Passo Trancado, nos Bairros Colatto e dos Esportes, além de outros trechos nas imediações do Contorno Viário Leste. 

Veja também

Caso Bernardo: julgamento do pai e da madrasta acontece hoje11/03/19 Em 2014, Bernardo Boldrini foi encontrado enterrado em uma cova rasa, envolto em um saco plástico, em Frederico Westphalen. O pai e a madrasta do menino estão entre os acusados de terem cometido o crime....
Mostra da Bezerra apresentou animais com alto patrão genético14/06/19 Além das atrações gastronômicas, a 2ª Festa da Polenta - realizada em Marema, no período de 07 a 10 de junho - também apresentou a alta qualidade genética implantada na bovinocultura leiteira. Na Mostra da......
Prefeitura de Xanxerê flagra novamente descarte irregular de lixo11/09/19 A Secretaria Municipal de Agricultura e Políticas Ambientais novamente flagrou o descarte irregular de lixo em alguns pontos do município de Xanxerê. Desta vez os pontos de descarte foram no bairro Leandro, no Contorno Viário e......

Voltar para Cidades