Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar

Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o lançamento de novo cultivar. É o SCS 125 da Epagri, que foi apresentado aos produtores nesta sexta-feira, 19, durante o Dia de Campo da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), em Rio do Sul. O evento contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, e fez parte também das comemorações de 50 anos da Cravil.

"A abertura da colheita do arroz representa um marco para o agronegócio catarinense, um dia a ser celebrado. É o resultado de um trabalho coletivo que envolve produtores rurais, cooperativas, Governo do Estado e nossos técnicos e pesquisadores da Epagri. Comemoramos ainda o lançamento de um novo cultivar de arroz irrigado com características de alto índice de produtividade, que foram observadas já nas primeiras colheitas. Isso demonstra que o setor produtivo vem inovando, buscando novas tecnologias e aumentando cada vez mais a qualidade e produtividade em nossas lavouras", destaca o secretário Altair Silva.



O SCS 125 é 33º cultivar lançado em Santa Catarina e foi desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) - referência nacional em pesquisa pública com o grão. Entre as principais características deste arroz estão o alto potencial produtivo, boa qualidade de grãos, ciclo longo (tardio), resistência ao acamamento e bom nível de sanidade geral.

Segundo a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, o lançamento é mais uma prova da excelência catarinense nas pesquisas voltadas à cadeia produtiva de arroz. “Tanto esse, quanto nossos outros cultivares do grão, foram desenvolvidos pensando nas necessidades dos rizicultores catarinenses e buscam oferecer mais produtividade e sustentabilidade nas lavouras. O resultado desse trabalho se vê no campo, com Santa Catarina se firmando cada vez mais como um dos maiores produtores de arroz do Brasil”, declara.

Sanidade como diferencial produtivo

O engenheiro agrônomo da Agrogiusti, Edivani E. Coelho, já começou a plantar o SCS125 nos campos da empresa produtora de sementes de arroz e os resultados são promissores. A sanidade é um dos destaques.

De acordo com o engenheiro agrônomo, mesmo com condições climáticas favoráveis ao surgimento de doenças, com dias nublados e chuvosos, o material manteve a qualidade em relação a outros cultivares produzidos na empresa “A avaliação do desempenho do cultivar até o momento é muito boa, estamos muito satisfeitos, a expectativa é boa com relação à produtividade, sanidade e qualidade da semente”, relata.

Safra de arroz em Santa Catarina

Santa Catarina espera colher 1,18 milhão de toneladas de arroz nesta safra em 7,9 mil hectares plantados. A produção está concentrada na região de Araranguá, principalmente nos municípios de Turvo e Meleiro.

O arroz se tornou ainda um importante item na pauta de exportações catarinense. Em 2020, os embarques aumentaram mais de 600% em relação ao ano anterior, totalizando US$20,4 milhões em faturamento e 48,2 mil toneladas vendidas. Os principais compradores do arroz produzido no estado foram África do Sul, Guatemala e Senegal.

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o...
Postado em 07 de Junho de 2019 às 14h57

Prefeitura de Xanxerê emite decreto de situação de emergência em razão dos danos causados pelas chuvas

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina O prefeito Avelino Menegolla assinou, nesta sexta-feira (7), o decreto de situação de emergência nas áreas afetadas pela chuva intensa, registrada no...

O prefeito Avelino Menegolla assinou, nesta sexta-feira (7), o decreto de situação de emergência nas áreas afetadas pela chuva intensa, registrada no dia 30 de maio. Conforme dados da Defesa Civil, das 00h até ás 14 horas, o volume de chuva chegou a 138mm, causando danos e prejuízos, como alagamento e deslizamento, tanto no comércio como na área rural (agricultura e pecuária).
De acordo com o decreto, foram identificados danos em bueiros e estradas rurais, vias públicas urbanas e entupimento de bocas de lobo, nas áreas residenciais e comerciais e instalações públicas de saúde. Diante deste cenário, a coordenadoria de Proteção e Defesa Civil Municipal emitiu parecer favorável pela declaração de situação de emergência.
- Com este decreto, fica autorizada a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem nas ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução – comenta o prefeito.
No decreto consta, também, que fica autorizada ainda a convocação de voluntários para reforçar as ações e a realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada. O decreto tem validade de 180 dias. 

Veja também

Detran Chapecó promete zerar emissão de emplacamentos de veículos até esta sexta-feira22/05/19 Até o final desta semana o Detran Chapecó pretende zerar o volume acumulado de pedidos para primeiro emplacamento e transferência de Veículos. 2.600 procedimentos estão empilhados no Departamento Estadual de Trânsito local, para liberação. Até esta sexta-feira (24) “todos os documentos devem estar liberados”, garantiu o delegado regional de......
Apae de Xaxim realiza 25ª Noite Cultural na sexta-feira. Entrada é franca27/08/19 FOTO: IUNES FERRAZ/ARQUIVO DX Os muitos talentos da Escola Especial Marlene Stieven, a Apae de Xaxim, serão demonstrados na noite da próxima sexta-feira (30) durante a Noite Cultural. Esta é a 25ª edição da......

Voltar para Cidades