Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar

Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o lançamento de novo cultivar. É o SCS 125 da Epagri, que foi apresentado aos produtores nesta sexta-feira, 19, durante o Dia de Campo da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), em Rio do Sul. O evento contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, e fez parte também das comemorações de 50 anos da Cravil.

"A abertura da colheita do arroz representa um marco para o agronegócio catarinense, um dia a ser celebrado. É o resultado de um trabalho coletivo que envolve produtores rurais, cooperativas, Governo do Estado e nossos técnicos e pesquisadores da Epagri. Comemoramos ainda o lançamento de um novo cultivar de arroz irrigado com características de alto índice de produtividade, que foram observadas já nas primeiras colheitas. Isso demonstra que o setor produtivo vem inovando, buscando novas tecnologias e aumentando cada vez mais a qualidade e produtividade em nossas lavouras", destaca o secretário Altair Silva.



O SCS 125 é 33º cultivar lançado em Santa Catarina e foi desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) - referência nacional em pesquisa pública com o grão. Entre as principais características deste arroz estão o alto potencial produtivo, boa qualidade de grãos, ciclo longo (tardio), resistência ao acamamento e bom nível de sanidade geral.

Segundo a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, o lançamento é mais uma prova da excelência catarinense nas pesquisas voltadas à cadeia produtiva de arroz. “Tanto esse, quanto nossos outros cultivares do grão, foram desenvolvidos pensando nas necessidades dos rizicultores catarinenses e buscam oferecer mais produtividade e sustentabilidade nas lavouras. O resultado desse trabalho se vê no campo, com Santa Catarina se firmando cada vez mais como um dos maiores produtores de arroz do Brasil”, declara.

Sanidade como diferencial produtivo

O engenheiro agrônomo da Agrogiusti, Edivani E. Coelho, já começou a plantar o SCS125 nos campos da empresa produtora de sementes de arroz e os resultados são promissores. A sanidade é um dos destaques.

De acordo com o engenheiro agrônomo, mesmo com condições climáticas favoráveis ao surgimento de doenças, com dias nublados e chuvosos, o material manteve a qualidade em relação a outros cultivares produzidos na empresa “A avaliação do desempenho do cultivar até o momento é muito boa, estamos muito satisfeitos, a expectativa é boa com relação à produtividade, sanidade e qualidade da semente”, relata.

Safra de arroz em Santa Catarina

Santa Catarina espera colher 1,18 milhão de toneladas de arroz nesta safra em 7,9 mil hectares plantados. A produção está concentrada na região de Araranguá, principalmente nos municípios de Turvo e Meleiro.

O arroz se tornou ainda um importante item na pauta de exportações catarinense. Em 2020, os embarques aumentaram mais de 600% em relação ao ano anterior, totalizando US$20,4 milhões em faturamento e 48,2 mil toneladas vendidas. Os principais compradores do arroz produzido no estado foram África do Sul, Guatemala e Senegal.

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o...
Postado em 08 de Maio de 2019 às 10h17

Xaxim recebe mutirão do Projeto Castração na próxima segunda-feira

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Com o objetivo de controle de zoonoses e de proporcionar a castração de cães e gatos a um valor acessível a comunidade xaxinense, o município...

Com o objetivo de controle de zoonoses e de proporcionar a castração de cães e gatos a um valor acessível a comunidade xaxinense, o município de Xaxim irá receber na próxima segunda-feira (13) a carreta do Projeto Castração. O mutirão de castração será realizado na Praça Municipal Frei Bruno e conta com o apoio do Governo Municipal de Xaxim e contará com a participação de voluntários.
O mutirão é realizado na unidade móvel, sendo uma carreta de 19 metros de comprimento equipada com tudo o que há de mais moderno em tecnologia para esterilização e totalmente de acordo com as normas sanitárias. Para a cirurgia, será cobrado apenas um preço social a fim de cobrir as despesas.
As cirurgias serão feitas pela veterinária Marina Dante e sua equipe, que possui a clínica Projeto Castração, fundada em 1997. O projeto já realizou mais de 150 mil castrações. “Utilizamos uma técnica minimamente invasiva, com o corte cirúrgico que pode ser até 10 vezes menor do que as cirurgias tradicionais de castração, levando o paciente a uma recuperação muito mais tranquila”, explica Marina.
Para a castração, será cobrado um preço social a fim de cobrir despesas decorrentes do procedimento. As inscrições devem ser realizadas pessoalmente e antecipadamente, no QG do Celular, Agropecuária Ganadera e Faísca Motores, ou pelo telefone (49) 99740900.
O Vice-prefeito de Xaxim, Adriano Bortolanza destaca que a ação será muito importante, pois auxilia no controle de zoonoses, o que reflete em mais garantia de saúde para todos. “Conseguimos encaixar na agenda do Projeto Castração para que atendesse a nossa comunidade e estamos felizes que o município foi contemplado. Ações como essas e, com preços acessíveis são fundamentais para trabalharmos no controle de zoonoses em nosso município”, frisou.

Informações importantes
- No valor da castração está incluso toda medicação pós-operatório e cone;
- Inscrições somente pessoalmente. Não é feita reserva de vaga;
- Animais de raça acresce R$ 50,00 para anestesia especial;
- Levar RG e CPF do tutor ou responsável pelo animal para fazer a inscrição;
- Na cirurgia são retirados ovários, trompas e útero das fêmeas e os testículos dos machos. As fêmeas não entram mais no cio.
- Quais animais podem se inscrever para o Mutirão? Qualquer animal que esteja aparentemente saudável, exceto: cães de focinho curto (bulldog, pequinês, pug), cães idosos e cães que tenham problemas cardíacos.
- Valores: R$ 165,00 até 15kg; R$ 195,00 acima de 15kg; R$ 265,00 acima de 30kg.

Veja também

Fórum de Educação acontece nesta terça-feira (20) em Xaxim19/08/19 O Governo de Xaxim, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, realiza no próximo dia 20 de agosto de 2019, o 17º Fórum Regional em educação no Centro de Múltiplo Uso, localizado no Bairro Primavera 303. O 17º Fórum Regional em Educação se propõe reunir diferentes educadores para refletir sobre o conceito de......
Devido ao mau tempo Rádio Cultura cancela Mateada do Trabalhador 01/05/19 A Rádio Cultura AM através de sua Direção e Organização da Mateada do Trabalhador informa que devido às condições climáticas e previsões de chuva decidiu pelo cancelamento do evento,......

Voltar para Cidades