Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar

Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o lançamento de novo cultivar. É o SCS 125 da Epagri, que foi apresentado aos produtores nesta sexta-feira, 19, durante o Dia de Campo da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), em Rio do Sul. O evento contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, e fez parte também das comemorações de 50 anos da Cravil.

"A abertura da colheita do arroz representa um marco para o agronegócio catarinense, um dia a ser celebrado. É o resultado de um trabalho coletivo que envolve produtores rurais, cooperativas, Governo do Estado e nossos técnicos e pesquisadores da Epagri. Comemoramos ainda o lançamento de um novo cultivar de arroz irrigado com características de alto índice de produtividade, que foram observadas já nas primeiras colheitas. Isso demonstra que o setor produtivo vem inovando, buscando novas tecnologias e aumentando cada vez mais a qualidade e produtividade em nossas lavouras", destaca o secretário Altair Silva.



O SCS 125 é 33º cultivar lançado em Santa Catarina e foi desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) - referência nacional em pesquisa pública com o grão. Entre as principais características deste arroz estão o alto potencial produtivo, boa qualidade de grãos, ciclo longo (tardio), resistência ao acamamento e bom nível de sanidade geral.

Segundo a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, o lançamento é mais uma prova da excelência catarinense nas pesquisas voltadas à cadeia produtiva de arroz. “Tanto esse, quanto nossos outros cultivares do grão, foram desenvolvidos pensando nas necessidades dos rizicultores catarinenses e buscam oferecer mais produtividade e sustentabilidade nas lavouras. O resultado desse trabalho se vê no campo, com Santa Catarina se firmando cada vez mais como um dos maiores produtores de arroz do Brasil”, declara.

Sanidade como diferencial produtivo

O engenheiro agrônomo da Agrogiusti, Edivani E. Coelho, já começou a plantar o SCS125 nos campos da empresa produtora de sementes de arroz e os resultados são promissores. A sanidade é um dos destaques.

De acordo com o engenheiro agrônomo, mesmo com condições climáticas favoráveis ao surgimento de doenças, com dias nublados e chuvosos, o material manteve a qualidade em relação a outros cultivares produzidos na empresa “A avaliação do desempenho do cultivar até o momento é muito boa, estamos muito satisfeitos, a expectativa é boa com relação à produtividade, sanidade e qualidade da semente”, relata.

Safra de arroz em Santa Catarina

Santa Catarina espera colher 1,18 milhão de toneladas de arroz nesta safra em 7,9 mil hectares plantados. A produção está concentrada na região de Araranguá, principalmente nos municípios de Turvo e Meleiro.

O arroz se tornou ainda um importante item na pauta de exportações catarinense. Em 2020, os embarques aumentaram mais de 600% em relação ao ano anterior, totalizando US$20,4 milhões em faturamento e 48,2 mil toneladas vendidas. Os principais compradores do arroz produzido no estado foram África do Sul, Guatemala e Senegal.

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o...
Postado em 07 de Dezembro de 2018 às 17h55

Da Redação: AIDS parece não preocupar mais a população

As campanhas contra o HIV são cada vez maiores, valor inversamente proporcional ao quanto as pessoas, principalmente os jovens, se preocupam com a doença. 

  • PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina -

Matéria de capa da edição do DX de terça-feira (4), os números de Aids e outras DSTs preocupam as Secretarias de Saúde dos municípios de Xaxim e Xanxerê, que lideram os índices na Região da AMAI. A doença que antigamente era sinônimo de morte-prematura ainda não recebeu cura, mas já possui tratamento. As campanhas contra o HIV são cada vez maiores, valor inversamente proporcional ao quanto as pessoas, principalmente os jovens, se preocupam com a doença. 

A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, que já foi responsável pela morte de famosos ícones como Cazuza e Renato Russo e Freddie Mercury aparenta não preocupar a população, principalmente os mais jovens. Apesar das estatísticas apontarem para o alto número de transmissões de HIV – 57 casos confirmados na AMAI, sendo a maioria em Xaxim e Xanxerê - são pouquíssimos os jovens que realizam exames, isso que o teste é gratuito, rápido e sigiloso.
O número, em tese, pode ser muito maior do que o contabilizado, tendo em vista que a faixa etária mais propensa não faz exames. Em Xaxim por exemplo, alguns casos foram detectados em meio às campanhas de Outubro Rosa e Novembro Azul, em que homens e mulheres foram até a unidade de saúde para passar por outros exames, e acabaram a descobrir a doença. 

Apesar de não ter cura, a prevenção é uma das mais simples que tem. Preservativos são distribuídos gratuitamente em todas as unidades de saúde do Brasil. 

Não é só na cama
Se engana quem pensa que Aids só se pega na cama. O vírus do HIV pode ser transmitido não só através do sêmen e secreções vaginais, como também do sangue. Seu tatuador usa o equipamento esterilizado? Fique de olho.

Aids e outras doenças escondidas no dia a dia
Outro problema tão comum e que pode passar despercebido fica no salão de beleza. Os instrumentos da sua manicure e pedicure são esterilizados? Para os homens é bom ficar atento ao seu barbeiro. Peça sempre por navalhas novas. Além da Aids, outras doenças como a hepatite B pode ser transmitida pela má esterilização destes instrumentos. 

Dica para as mulheres
Em entrevista à nossa reportagem a Enfermeira Elizete de Souza, da Vigilância Epidemiológica deu uma dica a todas as mulheres: Seria interessante que todas as mulheres tivessem o seu próprio kit de instrumentos. Além da garantia de que apenas você tenha utilizado, caso precise esterilizar basta colocar os materiais em uma panela com água fervendo por alguns minutos. 

Veja também

Noite de premiação27/04/18 Na noite da última quarta-feira, no Restaurante o Costelão, em Xanxerê, ocorreu a entrega da 22ª edição do Troféu Podhium Pesquisas, que premia desde 1997 as empresas mais lembradas do município de......
Foi mesmo só folia?11/03/19 E eis minha estreia no mundo digital! Mas faço a coluna de 15 em 15 dias, então lá vai! Já passou janeiro, fevereiro, e também se foi o carnaval. O carnaval teve diversão, festa e folia, porém, era......

Voltar para Colunistas