Postado em 14 de Dezembro de 2018 às 14h14

Fala Mulher: Ediane Piaseski

Fala Mulher (10)

“Pessoas criam, produzem, inspiram, e merecem Reconhecimento”.
 

Olá, meu nome é Ediane Piaseski. Com muito orgulho, posso dizer que sou filha de agricultores. Trabalhando com meus pais Elói e Isolde Tonello, e com meus dois irmãos até meus 17 anos, aprendi a trabalhar, formei meu caráter e construí valores que carrego comigo até hoje. 

Me graduei em contabilidade pela Unoesc Xanxerê, e meu primeiro emprego foi como estagiária do BESC. Minha carreira profissional também teve passagem pela Cooperxanxerê, Seibt, Baggio Advogados, Contaxan, e voltei a trabalhar Cooperxanxerê. Hoje trabalho com granjas de suínos e central de inseminação. 

Foi muito importante trabalhar como funcionária para depois trabalhar como gerente e agora como empregadora. Não importa a escolha, você precisa vestir a camisa, levar os valores que aprendeu em casa e usá-los aonde quer que esteja trabalhando. Para me capacitar melhor na função que exercia fiz diversos cursos de pós-graduação como MBA em engenharia de produção e Administração com ênfase em gestão pela FGV.

Trabalhei com amor, e vi a Cooper Xanxerê nascer e crescer. Enfrentamos diversas dificuldades, trabalho, fracassos, conquistas, pessoas, relacionamentos. Procuro buscar conhecimento para melhorar a cada dia. 

Tive uma escola muito importante a qual eu muito me dediquei muito, que foi a Cooper Xanxerê. Sou grata ao Adriano Piaseski, que foi meu chefe e atualmente é meu esposo. Grata pela oportunidade, por ele acreditar em mim, e por poder desenvolver e aplicar na empresa aquilo que eu fui buscar. 

Como empregadora, dizer que para nos manter no negócio e tentarmos crescer não é nem um pouco fácil. A parte interna da empresa é administrável, está em suas mãos. Porém o externo exige muito: Mercado, governo, todos os seus inúmeros órgãos e suas leis e exigências. O clienta para conquistar e manter, contas à receber e inadimplência, contas a pagar, seu nome e seu papel perante a sociedade para zelar. Por isso admiro cada empregador deste país.

O governo, deputados, senadores, as associações empresariais, industriais e comerciais, precisam fortalecer as empresas. Precisam olhar com respeito para entender o que impede e dificulta as empresas de se desenvolverem. 

Também quero dizer que como pessoa não somos perfeitos. Por vezes erramos, mas a humildade, o respeito e a dignidade ética, são e estarão sempre em voga. 

“Pessoas criam, produzem, inspiram, e merecem Reconhecimento”.

“Quero aproveitar para parabenizar a Lisiane Zanotto, proprietária dos jornais Folha Regional e Diário Data X por criar este espaço destinado às mulheres. Isso é uma porta aberta para muitas empresárias, profissionais autônomas, trabalhadoras, voluntárias, mães, e donas de casa que têm vivencias inspiradoras para contar. Agradeço a oportunidade”. 

Veja também

Fala Mulher: Irene Aparecida e Sá fala do primeiro ano de fundação do Núcleo de Mulheres Empresárias da Acix20/12/18 Atuando na diretoria da ACIX há mais de 6 anos, tive sempre em mente a vontade de criar o núcleo da mulher empresária, haja vista, já ter feito parte da Câmara das Mulheres Empresárias há muitos anos atrás. Em 2017 isso veio à tona novamente, e junto com colega de Diretoria Ana Cecilia Sirino, fizemos com que essa vontade se tornasse uma realidade.......
Da Redação: Interpretação faz parte da vida23/11/18 Não temos a informação de que isso ainda aconteça, mas há nem tanto tempo atrás, era comum ver no cabeçalho das provas escolares a frase: “Interpretação faz parte da prova”. Dito isso,......

Voltar para Colunistas