Postado em 30 de Novembro às 17h27

Fala Mulher: "Somos um pouco de todo mundo"

Fala Mulher (8)

Juliana Corso Romani, advogada e empreendedora


Nasci em Xanxerê. Me formei em Direito em 2010, na UNOESC campus São Miguel do Oeste, sou advogada atuante no estado do Rio de Janeiro, e apaixonada pelo empreendedorismo. Afinal, desde criança trabalho no comércio.
Morei em diversas cidades, vários estados, literalmente de Norte a Sul, e sempre me adaptei muito bem onde morei.

O segredo é chegar na nova morada com o coração aberto. Esse “chegar de coração aberto” me fez encontrar muitas pessoas especiais por onde passei, deixando saudade e levando pra vida muitas amizades…E como Jesus Cristo nos ensinou: “...devemos ter relacionamento com as pessoas”, busquei fazê-lo, e posso dizer que me sinto em casa aonde eu estiver.

Hoje trabalho também na ‘Veja Bem Ótica’, empresa familiar, fundada em 2005 pelos meus pais Edilberto e Marinilse Corso. Agora em 2018, abrimos a ‘Veja Bem Ótica’ na cidade de Xaxim. Sou responsável pela da parte jurídica da empresa, além de buscar atender com excelência cada pessoa que entra na loja. 

Por ser uma Empresa familiar buscamos trazer esse acolhimento para nossa empresa. Busco criar momentos únicos para cada cliente, assim como cada um dos nossos colaboradores o fazem. Sou e sempre fui acessível as pessoas, e como sempre me mudei muito essa foi a maneira que encontrei para interagir no meio onde me encontrava; e, para criar vínculos foi necessário ter um contato sincero com as pessoas, olhar nos olhos e buscar compreender cada um. Esse “agir” trouxe comigo e busco aplica-lo nas relações de compra e venda, bem como prestação de serviço. Hoje é imprescindível ter um olhar humano. Acredito nisso, afinal sempre deixamos marcas em cada uma das pessoas que se relacionam com a gente, seja no trabalho ou na vida pessoal. 

Veja também

Da Redação: "De olho nas câmeras"23/11 Após grande número de pedidos da população, a câmara de vereadores de Xaxim solicitou à PM a quantidade de multas efetuadas através das câmeras de videomonitoramento no ano de 2018. Segundo o legislativo, parte da população afirma que as câmeras que teriam como objetivo auxiliar a Polícia em casos de crimes e passar a......
Coluna Joimara 124/10 Ninguém viu?  O temporal passou pela Campina há algumas semanas, mas o rastro ainda continua. No Bairro Leandro, uma parada de ônibus de base em concreto e telhado de zinco caiu com a força do vento. A estrutura que atende os......
De casa29/11 Como é bom ver quem marcou a sua vida tendo sucesso e se realizando na carreira. Não que precisasse de muito para a dona Luzzi, ou melhor, Maria de Lourdes Luzzi, conquistar isso. Ela que, por anos, desenhou e costurou centenas de vestidos de......

Voltar para Colunistas