Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar

Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o lançamento de novo cultivar. É o SCS 125 da Epagri, que foi apresentado aos produtores nesta sexta-feira, 19, durante o Dia de Campo da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), em Rio do Sul. O evento contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, e fez parte também das comemorações de 50 anos da Cravil.

"A abertura da colheita do arroz representa um marco para o agronegócio catarinense, um dia a ser celebrado. É o resultado de um trabalho coletivo que envolve produtores rurais, cooperativas, Governo do Estado e nossos técnicos e pesquisadores da Epagri. Comemoramos ainda o lançamento de um novo cultivar de arroz irrigado com características de alto índice de produtividade, que foram observadas já nas primeiras colheitas. Isso demonstra que o setor produtivo vem inovando, buscando novas tecnologias e aumentando cada vez mais a qualidade e produtividade em nossas lavouras", destaca o secretário Altair Silva.



O SCS 125 é 33º cultivar lançado em Santa Catarina e foi desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) - referência nacional em pesquisa pública com o grão. Entre as principais características deste arroz estão o alto potencial produtivo, boa qualidade de grãos, ciclo longo (tardio), resistência ao acamamento e bom nível de sanidade geral.

Segundo a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, o lançamento é mais uma prova da excelência catarinense nas pesquisas voltadas à cadeia produtiva de arroz. “Tanto esse, quanto nossos outros cultivares do grão, foram desenvolvidos pensando nas necessidades dos rizicultores catarinenses e buscam oferecer mais produtividade e sustentabilidade nas lavouras. O resultado desse trabalho se vê no campo, com Santa Catarina se firmando cada vez mais como um dos maiores produtores de arroz do Brasil”, declara.

Sanidade como diferencial produtivo

O engenheiro agrônomo da Agrogiusti, Edivani E. Coelho, já começou a plantar o SCS125 nos campos da empresa produtora de sementes de arroz e os resultados são promissores. A sanidade é um dos destaques.

De acordo com o engenheiro agrônomo, mesmo com condições climáticas favoráveis ao surgimento de doenças, com dias nublados e chuvosos, o material manteve a qualidade em relação a outros cultivares produzidos na empresa “A avaliação do desempenho do cultivar até o momento é muito boa, estamos muito satisfeitos, a expectativa é boa com relação à produtividade, sanidade e qualidade da semente”, relata.

Safra de arroz em Santa Catarina

Santa Catarina espera colher 1,18 milhão de toneladas de arroz nesta safra em 7,9 mil hectares plantados. A produção está concentrada na região de Araranguá, principalmente nos municípios de Turvo e Meleiro.

O arroz se tornou ainda um importante item na pauta de exportações catarinense. Em 2020, os embarques aumentaram mais de 600% em relação ao ano anterior, totalizando US$20,4 milhões em faturamento e 48,2 mil toneladas vendidas. Os principais compradores do arroz produzido no estado foram África do Sul, Guatemala e Senegal.

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o...
Postado em 23 de Novembro de 2018 às 11h04

Joimara Camilotti: Impulsionado

Impulsionado
Quem acha que quartel, batalhão, companhia de bombeiros, polícia militar ou civil não tem reflexo na economia do município, se engana. Logo após a formação e nomeação de novos bombeiros para atuar em Xanxerê, o setor de locação de imóveis foi impulsionado. Com a instalação dos profissionais na cidade, rede alimentícia e o comércio em geral também saem ganhando.

Como fica?
O governador eleito Carlos Moisés reafirmou através do coordenador da transição, professor Luiz Felipe Ferreira, a extinção das Agências Regionais. Primeiramente, algumas serão desativadas por decreto e as demais extintas somente em fevereiro. Enquanto isso, como fica a situação de todo o povo que trabalha na ADR de Xanxerê?

E agora
Há um enrosco envolvendo funcionários do Estado da área de Educação, que foram mudados para funcionários das Agências. E aí, como fica a situação? Terão que entrar na justiça? Perderão algum benefício? O que será mantido nesse novo governo? Isso, só nos próximos capítulos para sabermos, mas que o novo governo anda tendo trabalho e que isso só tende a aumentar, não dá para dizer que não.

Mais felicidade, menos azedume

A tal história de que uma boa ação leva a outra é contagiosa e muito benéfica. Se cada um de nós fizer algo positivo, mais uma pessoa fará e depois mais uma, virando uma corrente do bem. Assim acontece com quem é voluntário, com quem faz doações, quem ajuda a comunidade aqui e ali. Com a proximidade do final do ano, muita gente fica mais sensível e suscetível a ajudar o próximo, se isso se espalhar certamente teremos menos gente azeda e mais gente feliz.

No clima
Xaxim se prepara para inaugurar a decoração de Natal. Como sempre, a cidade se transforma e atrai os visitantes. Xaxim será a primeira da Amai a dar início a programação natalina, o que mostra a organização do município. O evento acontece nesta sexta-feira (23) e deve encantar muita gente. Já em Xanxerê, que este ano inova no formato comprando a decoração para ser utilizada e incrementada nos próximos anos, a data de inauguração foi transferida do dia 25 para o dia 02 de dezembro devido a logística na entrega dos materiais.

Quer saber?

Ouvi dizer que já temos nomes pipocando para comandar a Campina nas próximas eleições. Pelo MDB rolam os nomes de Adenilso Biasus e Vilson Piccoli. Já pelo PSDB, Wilson Martins dos Santos. Ainda sem partido, Fernando Callfass também é cotado, além de Adriano De Martini, pelo PT. Quem será que vai?

Veja também

Melhor uma invasão de zumbis do que um mundo tomado por agressores26/02/19 Acompanhar o que anda acontecendo no mundo tem sido viver naqueles filmes de terror de péssima qualidade que nos fazem reféns de uma dúvida: será que a humanidade tem solução? ...
Coluna Joimara 124/10/18 Ninguém viu?  O temporal passou pela Campina há algumas semanas, mas o rastro ainda continua. No Bairro Leandro, uma parada de ônibus de base em concreto e telhado de zinco caiu com a força do vento. A estrutura que atende os......
Coluna Joimara 224/10/18 De ponta-cabeça Bom lembrar que segunda-feira, dia 15, é o Dia do Professor e nada mais justo que enaltecer o trabalho dessa classe, que passa anos sofrendo com baixos salários, sem previsão de emprego e até mesmo sendo......

Voltar para Colunistas