Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar

Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o lançamento de novo cultivar. É o SCS 125 da Epagri, que foi apresentado aos produtores nesta sexta-feira, 19, durante o Dia de Campo da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), em Rio do Sul. O evento contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, e fez parte também das comemorações de 50 anos da Cravil.

"A abertura da colheita do arroz representa um marco para o agronegócio catarinense, um dia a ser celebrado. É o resultado de um trabalho coletivo que envolve produtores rurais, cooperativas, Governo do Estado e nossos técnicos e pesquisadores da Epagri. Comemoramos ainda o lançamento de um novo cultivar de arroz irrigado com características de alto índice de produtividade, que foram observadas já nas primeiras colheitas. Isso demonstra que o setor produtivo vem inovando, buscando novas tecnologias e aumentando cada vez mais a qualidade e produtividade em nossas lavouras", destaca o secretário Altair Silva.



O SCS 125 é 33º cultivar lançado em Santa Catarina e foi desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) - referência nacional em pesquisa pública com o grão. Entre as principais características deste arroz estão o alto potencial produtivo, boa qualidade de grãos, ciclo longo (tardio), resistência ao acamamento e bom nível de sanidade geral.

Segundo a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, o lançamento é mais uma prova da excelência catarinense nas pesquisas voltadas à cadeia produtiva de arroz. “Tanto esse, quanto nossos outros cultivares do grão, foram desenvolvidos pensando nas necessidades dos rizicultores catarinenses e buscam oferecer mais produtividade e sustentabilidade nas lavouras. O resultado desse trabalho se vê no campo, com Santa Catarina se firmando cada vez mais como um dos maiores produtores de arroz do Brasil”, declara.

Sanidade como diferencial produtivo

O engenheiro agrônomo da Agrogiusti, Edivani E. Coelho, já começou a plantar o SCS125 nos campos da empresa produtora de sementes de arroz e os resultados são promissores. A sanidade é um dos destaques.

De acordo com o engenheiro agrônomo, mesmo com condições climáticas favoráveis ao surgimento de doenças, com dias nublados e chuvosos, o material manteve a qualidade em relação a outros cultivares produzidos na empresa “A avaliação do desempenho do cultivar até o momento é muito boa, estamos muito satisfeitos, a expectativa é boa com relação à produtividade, sanidade e qualidade da semente”, relata.

Safra de arroz em Santa Catarina

Santa Catarina espera colher 1,18 milhão de toneladas de arroz nesta safra em 7,9 mil hectares plantados. A produção está concentrada na região de Araranguá, principalmente nos municípios de Turvo e Meleiro.

O arroz se tornou ainda um importante item na pauta de exportações catarinense. Em 2020, os embarques aumentaram mais de 600% em relação ao ano anterior, totalizando US$20,4 milhões em faturamento e 48,2 mil toneladas vendidas. Os principais compradores do arroz produzido no estado foram África do Sul, Guatemala e Senegal.

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Santa Catarina dá início à colheita do arroz com lançamento de novo cultivar Segundo maior produtor nacional de arroz, Santa Catarina abre a colheita do grão com o...
Postado em 23 de Novembro de 2018 às 13h40

Joimara Camilotti: Sobre danos aos patrimônios públicos

Pra cair 
Em pleno cruzamento entre as ruas Rui Barbosa e José de Miranda Ramos, no Centro de Xanxerê, eis que a placa de trânsito está prestes a cair. Pode ter sido ocasionada por um veículo que tenha se chocado, como pode ter sido mais uma ação de vândalos. Houve épocas, nem tão remotas assim, que não era possível manter uma placa de trânsito ou com nome de rua de pé na cidade, tamanho os estragos que se faziam. Hoje a situação já é outra e vale lembrar que as câmeras de videomonitoramento podem auxiliar a revelar quem são os vândalos.

Danificando o que é de todos
Se tratando de depredação do patrimônio público, um bate papo com o guarda da Praça Tiradentes, o simpático Felisbino, que vai ser personagem de matéria neste jornal, foi possível perceber como ainda há gente sem noção que não pensa que ao danificar algo que é para o uso da comunidade está rasgando seu próprio dinheiro. Felisbino conta que nos últimos dias, um marmanjo conseguiu quebrar o roda-roda do parquinho das crianças. Ele conta, que até onde foi apurado, o cidadão voltou de um bailão, pelas tantas da madrugada e resolveu brincar no playground da Praça. E o prejuízo ficou para quem?

Tem que fechar mesmo
Depois reclamam que é colocado portão nos banheiros, que o parquinho tem fechar depois de tal horário, que grades e mais grades são necessária e que tiram um pouco do espirito receptivo dos locais, mas enquanto tiver pessoas que não estão nem aí para o patrimônio público não haverá outra fórmula.

Em obras
Quem visitar a Praça Tiradentes de Xanxerê neste fim de semana vai se deparar com um canteiro de obras. É que a equipe está decorando o local para o Natal. Bases de concreto foram formadas ao longo do corredor da Praça onde será colocado um túnel com luzes brancas e amarelas. Árvores ganham enfeites e luzes, além disso, já há lugar definido para o presépio. Vale lembrar que quem visitar o local deve auxiliar para que tudo se mantenha conservado.

Zelo
Por outro lado ainda vemos pessoas que pensam no outro e zelam pelo que é de todos. No posto de saúde do Bairro Veneza, por exemplo, a equipe dedicou seu tempo para deixar o ambiente no clima de Natal. Quem chega na unidade se depara com uma árvore natalina, pode ser algo simples, mas para quem vai com alguma dor, já se sente mais aliviado, sem aquela apreensão e cheiro típico de medicamentos. São os pequenos detalhes que fazem toda a diferença.

Quer saber?
Delegado regional Fernando Callfass, além de ser lembrado pela Câmara de Vereadores de Xanxerê, pelo trabalho de sua equipe realizado durante o ano, também tem novidades. É a vinda de mais um delegado para a Comarca. 

*Texto publicado nos jornais Folha Regional e Diário Data X na edição de 23 de novembro de 2018.

Veja também

Mensagem da Associação Espírita Chico Xavier15/07/19 Deus e O Infinito 1. O que é Deus? — Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas 2. O que devemos entender por infinito? — Aquilo que não tem começo nem fim; o desconhecido; todo o desconhecido é infinito. 3. Poderíamos dizer que Deus é o infinito? — Definição incompleta.......
Tem gente nova na política fazendo a diferença!03/05/19 Mamógrafo para Xaxim Nesta semana recebemos uma boa notícia por ocasião da visita do deputado Federal Carlos Chiodini (MDB-SC) em Xaxim. O parlamentar não pode anunciar o valor da emenda, mas garantiu em uma reunião com os......

Voltar para Colunistas