Postado em 14 de Dezembro de 2018 às 11h30

Sim, ele chegou!

Papai Noel veio visitar Xanxerê, e chegou causando. Em cima de um trio elétrico o bom velhinho faz qualquer um esquecer os problemas do ano, as contas que estão por vir e se entregar a magia de poder sonhar e ver a esperança nos olhos das crianças que sempre querem chegar mais pertinho.

Mudanças valendo

É pelo visto as mudanças no trânsito de Xanxerê continuam desagradando muita gente. A Prefeitura chegou a emitir uma nota informando que devido a reclamações do trecho entre as ruas Coronel Passos Maia, Fidêncio de Souza Mello e Antônio Vitório Giordani, um novo estudo será feito, buscando o melhor fluxo para todos. Enquanto isso, a nota afirma que continuam valendo as sinalizações adotadas, ou seja, faixa amarela não pode ser estacionamento.

Eco Parque
As tratativas para a aquisição de uma área pela Prefeitura para que possa criar o Eco Parque estão nos finalmente. A área buscada conta com muito verde e até mesmo um córrego, no Bairro dos Esportes. Conforme o presidente da Câmara de Vereadores, Lenoir Tiecher, a intenção é construir a sede própria do legislativo no lugar. O espaço é bem valorizado e se cogita que a administração terá que dar ao menos 30 terrenos em troca.

Não ao aumento
Por falar em legislativo, Tiecher já se mostrou contrário ao aumento da taxa de iluminação pública. A administração anunciou que deve haver um reajuste na tarifa para compensar os gastos e oferecer um serviço de maior qualidade, no entanto, o aumento não agrada a ninguém. São gastos ao ano R$ 1 milhão com os trabalhos de manutenção de iluminação pública em Xanxerê e pergunte se tem o serviço de qualidade em todas as partes? Jamais, nem no centro contamos com uma boa iluminação.

Presidência da Casa
Começaram as mudanças nas presidências das Câmaras de Vereadores da Amai. Em Ponte Serrada, Gilson Damaceno deixa o cargo devolvendo R$ 500 mil e quem assumirá é Marcelo Wrubel (PP). Já em Xanxerê, o previsto aconteceu, Arnaldo Lovatel assume o posto, firmando a base de apoio a atual administração. Na oposição evidente seguem João Paulo Menegatti, Vilson Piccoli e Wilson Martins dos Santos, já no meio termo Nathan Moreira.

Aí não dá

Os deputados de Santa Catarina aproveitando a limpeza geral da pauta aproveitaram para votar uma medida um tanto impopular, mas bem conveniente para eles. Os deputados aprovaram o aumento do próprio salário para 2019. O projeto de lei permite que o salário dos deputados estaduais aumente para R$ 29,4 mil mensais a partir de fevereiro de 2019. A nova lei determina que os ganhos dos parlamentares catarinenses seja de 75% do que ganham os deputados federais. Atualmente, os deputados da Alesc ganham R$ 25,3 mil. O projeto foi encaminhado para a sanção do governador Eduardo Pinho Moreira.
 

Veja também

Bloco do aumento08/03 O Carnaval até pode ter passado, mas que a folia não parou na quarta-feira de Cinzas, tenham certeza. Na Campina, após divulgação da prestação de contas da administração, ficou evidenciado que medidas para reduzir o “buraco” que a Prefeitura está tendo que preencher com a iluminação pública, vão precisar ser......
Viagem oficial de Moisés24/01 O governador fez durante está semana sua primeira viagem oficial a Brasília. Dentre os assuntos está o percentual de recursos da Saúde, duplicação da BR-470 e 280 e recursos hídricos. A pauta segue até a......
Joimara Camilotti: Impulsionado23/11/18 Impulsionado Quem acha que quartel, batalhão, companhia de bombeiros, polícia militar ou civil não tem reflexo na economia do município, se engana. Logo após a formação e nomeação de novos......

Voltar para Colunistas