Postado em 28 de Novembro às 14h44

Visão de político ou de gestor?

JOIMARA (16)
  • Portal DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina -

Cada vez mais a figura de político que só dá a mão para o povo em época de pedir voto vem ficando para trás. Hoje as pessoas já tem noção de que não é só ser simpático e acessível, mas que a figura política precisa ter projetos e mostrar como fazer. O eleitor já está cansado de perder seu voto não vendo o resultado que se esperava e por que disso? Porque não se trabalha com gestão, com planejamento com vontade de fazer o município crescer.

Preparo
Já se costura novos nomes, e como disse o vice-prefeito de São Lourenço do Oeste, em entrevista nesta edição, um político precisa ser preparado um ano antes, assim poderemos ir percebendo quem poderá concorrer as vagas, quem tem chances e projetos e acima de tudo, que não fica só no papo ou na dependência que sua equipe realize.

E a equipe
Se tratando de equipe de governo é triste ver que muita coisa não sai do chão porque integrantes da própria equipe não colaboram e isso não vale só para departamentos públicos. Percebemos nas empresas também o quanto uma pessoa sem vontade ou com outras intenções pode prejudicar toda uma marca. Isso vai desde a cara fechada de um atendente, até um projeto mal feito. Escolher com quem você quer dividir as conquistas é muito importante em qualquer setor.

Isso vale muito para o legislativo
Escolher quem poderá fiscalizar pelo povo parece uma tarefa fácil, mas sabe-se que não é. Se já é difícil escolher nove nomes, imaginem 13 ou mais? Também não se percebe tantas pessoas interessadas em concorrer a vaga, algo que no passado parecia valer mais a pena. Hoje se fala que é necessário mais representatividade na Câmara, principalmente na de Xanxerê, para dar conta de ações, que se cortar daqui ou dali sobra para ter mais legisladores, mas diga rápido o nome de três vereadores que você tenha percebido o trabalho? Difícil né encontrar três pense 13.

Como se aproximar de Chapecó
Com os dias atarefados não paramos para pensar muito no que está acontecendo na cidade e só vemos o que falta acontecer. Tem muita coisa boa rolando em Xanxerê, já mudamos muito, mas ainda estamos a léguas do que poderia estar. E isso vale para os demais municípios da Amai. Quando poderemos chegar perto da potência que é Chapecó? Quem está pensando nisso? Quem é que poderá nos levar até esse patamar? Estamos sempre remando nos mesmos problemas na região toda; é a questão da saúde, estradas do interior, falta de emprego. Sempre a mesma coisa. Será que somos nós que não percebemos, não divulgamos, propagamos ou não existe mesmo.

Quer saber?
Agora você poderá acompanhar e mandar sua opinião para esta coluna, no nosso portal. Acesse www.portaldx.com.br. 

Veja também

Trabalho em equipe05/12 Não bastasse o gasto com as férias dos servidores e três grandes obras em andamento, chegou mais uma conta para pagar: o reajuste nos preços de materiais de obras iniciadas ainda em 2010. Recurso que não estava previsto e......

Voltar para Colunistas