Postado em 27 de Novembro de 2018 às 09h41

Xanxerenses e os passeios públicos

JOIMARA (38)
  • Portal DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina -

A falta de conservação dos passeios públicos da Campina continua sendo um problema. Já melhoramos muito, com calçada em locais que antes não existia, mas o problema ainda existe. Na Rua Irmão Inocêncio Athanásio, no Bairro Veneza, o passeio já mostra as marcas do tempo, não bastasse os buracos que se abriram ao longo do trecho, trazendo risco para os pedestres.

Mato toma conta

Um pouco mais a frente, na Rua Irineu Bornhausen, o passeio público se confunde com o terreno baldio que faz divisa. Ali a capoeira rasteira tomou conta da calçada, virando um verdadeiro tapetão verde que dá medo de passar devido a presença de bichos.

Proteção
Seguindo o trajeto do passeio público pelo Centro, a situação também não fica muito aquém. Ainda temos problemas com raízes de árvores centenárias que não precisam ser retiradas, mas que poderiam receber, ao menos, uma proteção em torno delas, já ajudaria as pessoas a identificarem que naquele local há um risco.

Festival de Teatro
Xanxerê está respirando cultura nesta semana. É que acontece o 1º Festival Nacional de Teatro, realizado pelo Departamento de Cultura. Até o dia 02 de dezembro as apresentações seguem em vários locais da cidade, inclusive na Praça Tiradentes. São apresentações de qualidade e todas de forma gratuita.

Investimento para atrair os clientes
Longe de desmerecer os lojistas de Xanxerê, mas em passeio pela vizinha Xaxim para curtir a decoração natalina, não há como não se admirar com a criatividade e qualidade da decoração da vitrine das Lojas Miranda. Tudo com muita cor e personagens que entraram no imaginário das pessoas. Para se ter uma ideia, tem uma vovozinha mexendo um bolo rodeada de guloseimas. Quem visitar a cidade vale a pena fazer um registro, e para o comércio serve de incentivo para atrair os olhares e melhorar as vendas.

Comunidade crescendo
Outro fato que chama a atenção em Xaxim é a quantidade de haitianos. A comunidade está crescendo cada vez mais e em meia hora foi possível encontrar mais haitianos do que xaxiense. Um povo ordeiro que muitas vezes carrega a bíblia debaixo do braço e convive muito bem com todos. A comunidade é grande devido às contratações em empresas frigoríficas na cidade.

Quer saber?
Tem mais aporte de recursos para a área da saúde desembarcando em Xanxerê. Ação de vereadores está dando bons resultados.
 

Veja também

Joimara Camilotti: Sobre danos aos patrimônios públicos23/11/18 Pra cair  Em pleno cruzamento entre as ruas Rui Barbosa e José de Miranda Ramos, no Centro de Xanxerê, eis que a placa de trânsito está prestes a cair. Pode ter sido ocasionada por um veículo que tenha se chocado, como pode ter sido mais uma ação de vândalos. Houve épocas, nem tão remotas assim, que não era possível manter uma......
Vale ou não vale07/12/18 Agora o que ainda não mudou foi o respeito pela faixa amarela em parte da Rua Coronel Passos Maia, entre as Lojas Colombo e Tito Joias. Desde que iniciaram as mudanças no trânsito, não é mais permitido o estacionamento no......

Voltar para Colunistas