Postado em 05 de Abril às 10h51

Governo lança Detran Digital e disponibiliza serviços de forma online

Quem precisa fazer a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) definitiva, tirar uma segunda via ou obter uma Permissão Internacional para Dirigir (PID) não precisa mais se deslocar até o Ciretran para dar início ao processo.

Florianópolis - Quem precisa fazer a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) definitiva, tirar uma segunda via ou obter uma Permissão Internacional para Dirigir (PID) não precisa mais se deslocar até o Ciretran para dar início ao processo. O Governo de Santa Catarina lançou, na tarde desta quinta-feira, 4, o Detran Digital, serviço online que permite fazer essas solicitações sem sair de casa. O único deslocamento que o cidadão precisa fazer será para buscar o documento quando estiver pronto.

No futuro, outros serviços serão adicionados ao portal. “É muito importante que o cidadão tenha o direito de ter acesso aos serviços de forma simples, ágil e online”, considera o governador Carlos Moisés. Ele fez o lançamento oficial do Detran Digital, serviço construído em conjunto entre o Departamento Estadual de Trânsito, o Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc), a Secretaria de Estado de Administração e a Secretaria de Estado da Segurança Pública.O Detran Digital pode ser acessado no site do órgão, detran.sc.gov.br.

No total, a quantidade de solicitações para esses três serviços é de 140 mil por ano em Santa Catarina. Isso significa que 280 mil deslocamentos são feitos anualmente, já que é preciso entregar a documentação e, depois, ir buscar o documento. A possibilidade de iniciar o processo de forma online pode diminuir as filas para a obtenção da CNH definitiva, segunda via ou PID em até 50%.

Próximos passos

O governador frisou que o Estado pretende avançar na digitalização de serviços, dando aos catarinenses a opção de ter o documento físico, apenas digital ou ambos. “Queremos chegar no nível em que não seja mais necessário nem ir buscar o documento, mas receba de forma digital no smartphone se assim desejar. Isso precisa ser ajustado com o Governo Federal, mas vamos perseguir essa evolução”, garantiu Moisés.

De acordo com o secretário de Estado da Administração, Jorge Eduardo Tasca, o objetivo é, até 2022, digitalizar 100% dos serviços que possam ser feitos de forma online. “Hoje tenho convicção de que vamos alcançar essa meta. Todo esse trabalho em conjunto vai facilitar a vida do cidadão catarinense”, afirmou.
 

Veja também

Piso salarial do magistério é reajustado a partir de janeiro10/01 O piso salarial do magistério será reajustado para R$ 2.557,74, a partir de 1º de janeiro de 2019. O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira, 9, o reajuste de 4,17%, conforme determinação do......

Voltar para Economia