Postado em 08 de Janeiro às 16h48

Havan ultrapassa meta e atinge mais de R$ 7 bilhões de faturamento em 2018

Valor representa um crescimento de 40% se comparado ao ano anterior.

Barra Velha - O grupo Havan comemora os excelentes resultados obtidos em 2018. As 120 lojas juntas somaram um faturamento superior a R$ 7 bilhões, que era a meta inicial. Este valor representa um crescimento de 40% nas vendas do grupo. A meta para 2019 é de atingir um faturamento de mais de R$ 10 bilhões e abrir mais de 20 lojas. Com isso, a empresa passará de 16 mil colaboradores para mais de 20 mil. “Esse é o Brasil que queremos, com a geração de empregos e o crescimento da economia”, afirma o dono da Havan, Luciano Hang.


O empresário credita esse resultado aos investimentos em produtos diferenciados, preços condizentes com a realidade brasileira e excelência no atendimento, buscando sempre o encantamento dos clientes. Além disso, o grupo aperfeiçoou o e-commerce. A última novidade é a possibilidade de comprar no site e retirar o produto na loja física, sem pagar por frete.


Durante a Black Friday, em novembro, a loja online da Havan obteve crescimento expressivo em relação a 2017, com aumento de 117% nas vendas durante o período. De acordo com o coordenador de e-commerce, Lucas Gustavo.

Duarte, a loja online obteve mais de 10 milhões de acessos totais no mês de novembro, com picos simultâneos de mais de 20 mil usuários. “Além de termos realizado 33% a mais de receita que a meta estipulada, batemos o recorde, duas vezes mais vendas que o mês de março, que mais vendeu na história do e-commerce da rede. O resultado de crescimento foi devido ao trabalho e ao comprometimento da equipe. A projeção para 2019 é manter o crescimento anual de 80%”, comenta.


Com o objetivo de atingir o faturamento de R$ 10 bilhões, estão sendo feitos investimentos na ordem de R$ 500 milhões em inovação, ampliações, tecnologia e automação do Centro de Distribuição da rede, que fica em Barra Velha (SC). 

(fonte: New Age Comunicação)

Veja também

Salário minimo passa para R$ 998,0002/01 O governo estima que para cada R$ 1 de aumento há um incremento de R$ 300 milhões ao ano nas despesas federais. ...
Acix elege Empresário do Ano 201830/11/18 Evento que ocorreu na noite de quinta-feira (29), destacou os três empresários amis votados e elegeu Bruno Bortoluzzi como nome destaque. Foram citados ainda, Flavio Soares, diretor proprietário da empresa Equitec e Irene Sá......

Voltar para Economia