Postado em 13 de Fevereiro às 09h48

Chape volta às origens diante do São José-RS pela Copa do Brasil

Confronto pela primeira fase é nesta quarta-feira, às 19h, no Passo D'Areia

Chapecó - Adversário de estreia na Copa do Brasil nesta quarta-feira, às 19h, no Passo D'Areia, em Porto Alegre, o São José foi o primeiro rival num jogo oficial da Chapecoense, em 1973, no campo do Colégio São Francisco, ao lado da Arena Condá. O Verdão venceu por 1 a 0 com gol anotado por Orlandinho.

Desta vez o confronto é no campo do adversário. E não tem jogo de volta. Pelo menos o empate classifica a Chapecoense. O atacante Wellington Paulista afirma que é preciso cuidado com a partida única e com o gramado sintético do Passo D'Areia. Será o segundo jogo neste tipo de piso em oito dias, já que na semana passada a equipe ficou no 0 a 0 diante do Unión La Calera, do Chile, na Sul-Americana.

– É um pouco diferente a Copa do Brasil neste ano, principalmente nesse começo. Temos que estar espertos com o gramado, com a situação e saber que vai ser um jogo bem difícil. Tem que se adaptar muito rápido, como fizemos em La Calera, para fazer um grande jogo e sair classificado – disse o atacante.

Após dois anos entrando direto nas oitavas de final da competição por estar na Libertadores, em 2019 o Verdão do Oeste volta a disputar a Copa do Brasil desde a primeira fase. Será a nona participação do clube. A primeira foi em 2008, quando eliminou o Guarani na primeira fase e foi eliminado pelo Internacional na segunda etapa.

De lá para cá, a Chapecoense subiu da Série D para a Série A e se tornou equipe digna de figurar entre os 10 primeiros do ranking da CBF. No entanto, o técnico Claudinei Oliveira considera que seu time pegou o adversário mais difícil dos possíveis na primeira fase e que é vice-líder do Gauchão.

– Esperamos um jogo difícil, o São José tem uma equipe boa, não perde em seus domínios desde o ano passado e venceu o Internacional por 2 a 0. Temos que jogar com espírito de decisão. É um equipe alta, muito competitiva e temos que jogar como se fosse contra o Grêmio, como se fosse contra o Inter – afirmou o treinador.

A melhor participação da Chapecoense na Copa do Brasil foi no ano passado, quando entrou nas oitavas de final, eliminou o Atlético-MG nos pênaltis e depois caiu diante do Corinthians, nas quartas. O time catarinense, que nunca foi eliminado na primeira fase, sabe que o título é algo distante, mas confia numa boa campanha que dê também retorno financeiro para investir no Campeonato Brasileiro.

Para a partida, o treinador vai dar chance ao atacante Lourency, que fez dois gols na vitória por 3 a 2 contra o Brusque pelo Estadual. Ele deve ser o único que atuou no sábado a iniciar a partida contra o São José. Os demais devem ser os que iniciaram o jogo contra o Unión La Calera, com exceção de Augusto, lesionado, e a volta de Eduardo no lugar de Marcos Vinícius. Em caso de classificação, a Chape pega o Mixto-MT, que eliminou o CSA ao vencer por 1 a 0.

(fonte: Darci Debona/NSC)

Veja também

Ainda há tempo! Inscrições para escolinhas esportivas em Xaxim seguem até dia 3022/04 Seguem abertas as inscrições para as escolinhas do Departamento Municipal de Esportes. Até o dia 30 de abril, os pais, responsáveis ou atletas maiores de idade poderão procurar a Secretaria, anexa à Câmara de Vereadores, para efetuar a inscrição gratuitamente. Estão abertas as inscrições nas modalidades de xadrez, futsal, futebol......
Noite dos goleiros em decisão do Grenal. 18/04 Um foi melhor que outro. Enquanto o goleiro do Internacional pegou dois penaltis, Paulo Victor do Grêmio destroça desconfiança e vira herói do título. Com os três pênaltis defendidos na disputa do Gre-Nal 420, na......

Voltar para Esporte