Postado em 21 de Março às 09h17

Contra o lanterna, Chapecoense apenas empata na Arena Condá

Verdão criou muitas chances no primeiro tempo, mas não conseguiu tirar o zero do placar. Pelo Catarinense, em dois jogos seguidos em casa, Chape conseguiu apenas um ponto.

Chapecó - Na noite desta quarta-feira (20), a Chapecoense recebeu o Tubarão na Arena Conda, em Chapecó. O jogo era válido pela 13ª rodada do Campeonato Catarinense 2019. O Verdão dominou a partida, mas não conseguiu tirar o zero do placar. Com técnico interino, o Verdão entrou em campo disposto a esquecer da derrota para o Joinville em casa, no último domingo (17).

Emerson Cris promoveu algumas mudanças no time titular e Chape foi dominante nos primeiros minutos da partida. Mesmo com uma posse maior, a equipe verde e branca não conseguia criar chances. O Tubarão, lanterna da competição postava suas linhas muito recuadas e tenta em alguns contra ataques assustar o time da casa.

A primeira chance real de gol saiu aos 24’. Bruno Pacheco bateu o escanteio e Douglas cabeceou, o goleiro Belliato no meio do gol fez a defesa. A chance acendeu o Verdão no jogo. Logo depois, aos 27’, Lourency recebeu lindo lançamento de Campanharo, ele dominou e bateu cruzado, a bola passou por cima do gol do Tubarão.

O Verdão continuava melhor na partida. A equipe do Sul do Estado pouco conseguia fazer no jogo. Em duas oportunidades a Chapecoense quase abriu o placar. Aos 32’, Lourency bateu de fora da área e a bola explodiu no travessão do goleiro Belliato. Na sequência, em cobrança de falta, Yann Rolim bateu na área, o zagueiro Douglas subiu sozinho e cabeceou para fora.

A última chance da partida também foi da Chapecoense. Aos 43’ Yann Rolim mandou para área, o atacante Everaldo desviou e Rafael Pereira quase conseguiu completar para o gol. A primeira etapa termina na Arena Condá.

Dominante em toda a primeira etapa, o Verdão criou muitas chances, mas não conseguiu tirar o zero do placar. Por outro lado, o Tubarão só se defendeu e não chegou a assustar o gol de João Ricardo.

O segundo tempo começou diferente. O relógio não marcava nem um minuto quando o Tubarão teve sua primeira chance do jogo. O lateral esquerdo Parrudo levantou na área, a zaga do Verdão afastou, em novo cruzamento, Denilson cabeceou com perigo para o goleiro João Ricardo.

A Chapecoense voltou a mandar na partida. O Verdão era melhor, mas não conseguia infiltração para conseguir melhorar as oportunidades. Aos 13’, Márcio Araújo recebeu e bateu forte, a bola passou perto do gol de Belliato. Já aos 16’, Yann Rolim também arriscou, a bola foi rasteira no canto esquerdo e o goleiro do Tubarão defendeu.

O jogo ficou morno. A Chape já não tinha mais a mesma “pegada” do começo, mas mesmo assim domina a posse de bola. Aos 35’, Campanharo tentou a enfiada de bola a zaga cortou e a bola sobra no pé de Everaldo, o atacante coloca na frente e bate, o goleiro Belliato fecha o ângulo e faz bela defesa no lance.

A última chance da partida foi da Chape. Aos 48’, Diego Torres cobrou escanteio na área, Douglas subiu com a zaga do Tubarão e cabeceou para fora. Fim de jogo na Arena Condá, Chapecoense e Tubarão não saem do zero a zero.
Com o empate o Verdão sobe para os 24 pontos e se mantem na terceira colocação. A Chape volta a campo no domingo (24), onde joga contra o Hercílio Luz, no Aníbal Costa, em Tubarão.


(fonte: Clic RDC)

Veja também

EUA vencem Espanha e enfrentam a França nas quartas de final24/06 Os Estados Unidos venceram a Espanha na tarde de segunda-feira e avançam na Copa do Mundo Feminina. As americanas marcaram logos aos seis minutos, em cobrança de pênalti da capitã Rapinoe. A reação espanhola foi......

Voltar para Esporte