Postado em 22 de Fevereiro às 16h59

Amai inicia série especial sobre a participação das mulheres na política regional

A série especial “EU, MULHER” aborda as mulheres na política, e é especialmente focado nas que fizeram e fazem história na região AMAI. 

Xanxerê - A série especial “EU, MULHER” lançada hoje (22) aborda as mulheres na política, e é especialmente focado nas que fizeram e fazem história na região AMAI. Mulheres fortes e pioneiras, que utilizaram de toda coragem e dedicação para se posicionar a frente de decisões e trabalhar para a gestão pública. 

Como ponto inicial dessa trajetória que tem mais de 90 anos, estão Alzira Soriano, Berta Lutz e Carlota de Queiroz que aparecem na campanha e são o ponto inicial da representação feminina na política.
Antes mesmo da conquista do direito do voto feminino, em 1929, Alzira Soriano é eleita na cidade de Lages no Rio Grande do Norte, a primeira prefeita mulher no País, jornais internacionais como o The New York Times, citaram Alzira como a primeira prefeita da América Latina. 

Em 1934, a partir da inauguração de um novo Estado Democrático de Direito, por meio da segunda Constituição da República, os direitos políticos conferidos às mulheres foram assentados em bases constitucionais. No entanto, restringia a votação feminina às que exerciam função pública remunerada. Neste contexto, Carlota Pereira de Queiroz, é eleita como a primeira mulher deputada federal. 

Outra protagonista é Berta Lutz, conhecida como a maior líder na luta pelos direitos políticos das mulheres brasileiras. Ela se empenhou pela aprovação da legislação que outorgou o direito às mulheres de votar e de serem votadas. Foi também a segunda mulher a entrar no serviço público brasileiro. Estas três mulheres foram os pontos que ligaram e ordenaram a série “Eu, mulher”, e agora após mais de 70 anos de direitos políticos adquiridos, apresenta as mulheres referência na nossa região e que atuaram como prefeitas durante os 40 anos de história da AMAI. Esta série, que segue até março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, apresenta as prefeitas Clarice Rodigheri Schneider, Rosane Selig, Clori Perosa e Eliéze Comachio, prefeita de São Domingos, primeira presidente mulher da Associação dos Municípios do Alto Irani e que inicia o especial.


ELIÉZE COMACHIO

Gestora na rede de saúde por muitos anos, Eliéze Comachio ingressou na vida pública como Secretária de Saúde em 2009, na pasta adquiriu experiência como gestora e em 2016 foi eleita prefeita de São Domingos. Segundo Eliéze, foi a convivência com mulheres da gestão pública que incentivou e gerou a possibilidade de se tornar a primeira mulher prefeita em 56 anos de emancipação do município.

“Enquanto mulher presente na sociedade, não queremos dividir espaço com homens e sim ter espaços igualitários de oportunidades e justos na questão salarial e de direitos e isso conquistamos com a participação das mulheres nas rodas de conversas e tomada de decisões”.

Eliéze assume a gestão 2019/2020 da AMAI como a primeira presidente mulher em seus 40 anos de fundação.
“Ser a primeira presidente é um desafio ainda maior. É a possibilidade de assim como em meu município, fazer história aqui na Associação. Com trabalho digno de nós mulheres, forte e honesto que levaremos as demandas dos 14 municípios para serem discutidas em outras estâncias de governanças”.

Para as mulheres, Eliéze indica coragem, concepção na defesa dos projetos e ainda amor e sensibilidade para aliar as decisões à conquista de espaço.

“Podemos enquanto mulher, contribuir muito para a construção da sociedade e dos municípios com nossa visão, desejos, sensibilidades, sem ter medo de assumir novos desafios, pois sabemos que enquanto mulher temos igual capacidade aos homens para ajudar e assumir qualquer espaço de poder. Porque a mulher pode ser o que ela quiser”, finaliza.
 

Veja também

Voltar para Geral