Postado em 28 de Novembro às 12h00

"Amigas do Bem" prepara 1º Bazar e mostra o trabalho que ajuda o próximo

Por: Joimara S.Camilotti

Xanxerê : O desejo de uma amiga moveu 15 mulheres que tem como lema cômico ?as mãos e a boca não podem parar?. Há um ano elas se encontram todas as segundas-feiras, das 14h às 17h, para a produção do dia. Assim, surgiu as "Amigas do Bem", que na próxima sexta-feira, apresenta para a comunidade a produção dos últimos 12 meses e a logo marca que traz um botão no centro que lembra o trabalho manual, pessoas de mãos dadas e corações que simbolizam o sentimento de cooperação.

Umas das participantes do grupo, Ana Covatti, conta que a ideia veio da amiga, a empresária Hilda Seraglio, hoje falecida. Ela havia conhecido o grupo na cidade de Erechim e apresentou a ideia para as amigas que já se reuniam para fazer trabalhos para a Rede Feminina de Combate ao Câncer.

"Enferma ainda, ela pediu: vamos encarar e montar o grupo aqui em Xanxerê? Ela falava que ela ia entrar com os materiais iniciais, aí ficou doente e veio a falecer, nós todas somos amigas dela e achamos por bem realizar esse sonho", conta Ana.

Assim, as "Amigas do Bem" produziram 350 peças, todas com material de qualidade e feitas com muito amor. Entre gargalhadas e cuias de mate, as mãos não param de tecer, bordar, costurar e lá vai saindo a produção. São aventais, toalhas de prato, de mesa, banho e infantil, até saches. Tudo com muita cor e detalhes observados de mãos em mãos.

Quem vê o grupo reunido, lembra aqueles encontros de família, onde todas tem algo para contar e para fazer só que elas têm um propósito ainda maior, ajudar os outros. Assim, as "Amigas do Bem", fazem o primeiro bazar que acontece a partir da sexta-feira (30) nas dependências do Super Gentil. Peças serão comercializadas a partir de R$ 15,00 das 16h até o fechamento do supermercado, já no sábado e domingo seguem com o horário do estabelecimento, mas torcem para que o estoque seja vendido bem antes.

"Todas as peças tem um toque de cada uma, a que sabe costurar, a que borda, que monta, outras passam, compram, todas participam e o resultado final será visto na sexta-feira. O recurso tem o objetivo de ajudar alguém e neste ano parte do lucro será para a Casa da Acolhida Madre Bernarda. Vamos ver a necessidade e vamos doar em materiais, porque uma das nossas metas é não doar dinheiro. É um momento muito especial para a gente porque não estamos só doando, mas recebendo amizade carinho e se sentindo útil, fazendo algo para alguém que a gente sabe que vai ser beneficiado. O mais importante é a gente se sentir bem fazendo alguma coisa para alguém", finalizou.

Veja também

Governador do Lions visita Xanxerê e conhece projeto Crochetando e Tricotando29/11 POR: CRISTIANE ALINE Xanxerê - Ivo Antonio Giacometti, governador do Distrito LD8 que envolve 49 municípios, 69 clubes e um núcleo em atuação veio de sua cidade, Campo Erê, para uma visita aos quatro clubes do Lions em Xanxerê, o roteiro de dois dias envolveu visita ao prefeito Avelino Menegolla, a um dos projetos do Lions Mulher, reuniões com diretorias......

Voltar para Geral