Postado em 12 de Dezembro de 2018 às 16h18

Clube Xanxerense cria projeto para proporcionar a crianças não sócias conhecer a sede campestre

ClubinhoX tem o intuito de deixar os alunos mais próximos do contato com a natureza.

Por Joimara S.Camilotti

Xanxerê – Oferecer uma área de lazer com área verde, campos de futebol, vôlei de areia, quadras de tênis, além de uma fauna e flora esperando para ser descoberta é o que propõem o projeto lançado nesta semana pela diretoria do Clube Xanxerense.


Chamado de Clubinho X, o projeto vai beneficiar alunos de escolas municipais e particulares, os quais não sejam sócios do clube. De uma a duas vezes no ano, grupos de alunos poderão passar uma tarde nas dependências da sede campestre do clube, de forma gratuita. A primeira turma será do colégio Intelectus, que visita o clube nesta quarta-feira (12).


O presidente do clube, Alceu Lorenzon, assinou o projeto que surgiu de uma ideia da diretoria comercial, o qual percebeu a necessidade de proporcionar o contato com o meio ambiente as crianças de hoje, além de poderem conhecer o que o clube oferece e assim, se tornar um futuro sócio.


“As crianças terão a oportunidade de aproveitar o bosque o campo, através de um convênio que as escolas faram com o Clubinho X. É uma ação social para que as crianças não sócias possam utilizar a infraestrutura”, disse o presidente.


O diretor comercial, Leandro Lorenzon, destacou que as escolas poderão programar a atividade de que desejarem fazer ao ar livre, desde a recreativa, lúdica e educativa conhecendo as espécies existentes na natureza.


“Temos que pensar no futuro, nas crianças ligadas na tecnologia e como isso está impactando, principalmente nas que não tem condições de visitar um lugar diferente e ficam em celulares, sem contato com a área verde. Queremos integrar as crianças que os pais não têm condições, com todas as turmas e professoras”, comentou.


O transporte dos alunos será feito de forma gratuita pelo clube, através de uma parceria com a Turiscoll, que irá buscar os alunos na escola, levar até a sede campestre e depois retornar ao destino inicial. Além disso, todos os alunos vão receber uma carteirinha ao adentrar na sede campestre. Somente não será permitido o acesso a área de piscina, será até mesmo destinado bolas para praticas esportivas. As escolas interessadas devem buscar a adesão junto a secretaria do clube. 

Veja também

Marema recebe certificados pela ótima cobertura de vacinação29/03 Nessa semana, a Secretaria Municipal de Saúde, recebeu mais uma homenagem. O Governo do Estado, certificou Marema como município Amigo da Criança, devido à ampla cobertura de vacinação....
Cármen Lúcia suspende decisão sobre reorientação sexual24/04 Foto: Arquivo- Antonio Cruz/Agência Brasil A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu uma decisão da Justiça Federal do Distrito Federal que autorizava psicólogos de todo o país......

Voltar para Geral