Postado em 19 de Março às 17h50

Escola pede adequação no horário do transporte escolar noturno

Atualmente o transporte escolar é realizado por volta das 22h40 min, mas o importante seria às 22h10 min, considerando que os alunos são liberados no término das aulas, às 22horas.

Xanxerê - O assessor pedagógico da direção do Colégio Estadual Presidente Arthur da Costa e Silva, Daniel Verza, usou a tribuna da Câmara Municipal para pedir a intervenção dos vereadores junto ao Poder Executivo, no sentido de auxiliar os alunos do período noturno que usam o transporte escolar.

— Pedimos para que os ônibus da noite, antecipem seu horário de chegada no Colégio Costa e Silva. Atualmente o transporte escolar é realizado por volta das 22h40min, mas o importante seria às 22h e 10 min, considerando que os alunos são liberados no término das aulas, às 22horas — afirmou o professor.

A única escola que oferece o Ensino Médio à noite em Xanxerê busca este ajuste para que os alunos tenham um melhor aproveitamento no tempo de espera. Assim pedem que o transporte escolar esteja disponível, pois tem alunos que ficam mais de 30 minutos esperando.

— São mais de cem alunos que dependem de transporte escolar, mas nem todos aguardam. Alguns preferem sair a pé para suas casas, outros de carona ou com familiares que precisam se deslocar adaptando-se à esta realidade que estão vivendo — destaca Daniel Verza.

Finalizou fazendo um apelo, pois tem muitas pessoas que dependem exclusivamente desse transporte e precisam ficar aguardando até a chegada dos ônibus. Pediu ao poder público municipal uma atenção especial, pois são alunos que moram aqui no município.

Veja também

Mais da metade dos passageiros de ônibus não usam cinto de segurança24/04 Foto Ilustrativa/Reprodução Internet Levantamento feito pelo projeto “Passageiro consciente viaja de cinto!”, da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), constatou que apenas quatro em cada dez passageiros de ônibus de viagem municipal estavam usando o cinto e segurança. Os dados são preliminares. O levantamento foi feito nas cidades paranaenses de......

Voltar para Geral