Postado em 26 de Fevereiro às 09h40

Governo de Xaxim alerta para necessidade de cuidados redobrados para evitar casos de dengue

Conforme a Enfermeira Coordenadora da Vigilância Epidemiológica do município, Elizete de Souza “o município de Xaxim registra até o momento 177 focos do mosquito e esse número é muito alarmante. 

Xaxim - O governo municipal por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Epidemiológica, alerta a toda a população xaxinense quanto a proliferação do mosquito Aedes aegypti e riscos para casos de dengue. Em Santa Catarina, foram identificados aproximadamente quase 16 mil focos do mosquito em 164 municípios, um aumento de 37% no número de focos e o município de Xaxim faz parte desta estatística.

Conforme a Enfermeira Coordenadora da Vigilância Epidemiológica do município, Elizete de Souza “o município de Xaxim registra até o momento 177 focos do mosquito e esse número é muito alarmante. Nossos agentes de endemias fazem diariamente as visitas em todos os bairros e casas, monitorando os focos, verificando as denúncias e, orientando a comunidade quanto aos cuidados necessários. Porém, estamos convocando toda a população para que reforce os cuidados, pois prevenir é a melhor forma de evitarmos a dengue, zika e chikungunya”, comenta.

O Secretário Municipal de Saúde, Davi Provenzi Machado observa que “estamos preocupados com o número de focos e tomando ações para evitar que esse número aumente. Contudo, todos nós precisamos intensificar a fiscalização, verificando piscinas sem tratamento, caixas de água sem tampa, vasos, baldes, latas, pneus velhos e outros recipientes que contribuem para a infestação. Pedimos para que todos os munícipes ajudem a combater o mosquito e protejam a nossa cidade da dengue. Vamos verificar cada canto da nossa casa e da nossa rua. Quando a população se une os resultados são muito maiores”, destaca.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta que os munícipes façam o uso de repelente para proteção e observa que ao identificar os sintomas como febre, dor de cabeça, dor no fundo dos olhos e manchas avermelhadas pelo corpo, a unidade de saúde mais próxima deve ser procurada.

Cuidados importantes
Mantenha bem tampados caixas d’água, jarras, cisternas, ralos, poços ou qualquer outro reservatório de água;

Mantenha as lixeiras tampadas e secas. Nunca jogue lixo em terrenos baldios;

Coloque no lixo todo objeto que possa acumular água. O lixo deve ser colocado em sacos plásticos bem fechados;

Lave os bebedouros de animais com uma bucha pelo menos uma vez por semana e troque a água todos os dias;

Cubra e guarde os pneus em locais secos, protegidos das chuvas;

Guarde as garrafas secas de cabeça para baixo e não deixe no quintal objetos que acumulem água;

Encha os pratinhos de plantas com areia;

Retire a água acumulada sobre a laje;

Mantenha as calhas d’água limpas.

Denuncie a existência de possíveis focos de Aedes aegypti no setor de Vigilância Epidemiológica pelo telefone (49) 3353-5951.

Veja também

Cármen Lúcia suspende decisão sobre reorientação sexual24/04 Foto: Arquivo- Antonio Cruz/Agência Brasil A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu uma decisão da Justiça Federal do Distrito Federal que autorizava psicólogos de todo o país......

Voltar para Geral