Postado em 29 de Novembro de 2018 às 16h00

IGP espera transferência de profissional para “desafogar” emissão de identidades

POR: CRISTIANE ALINE

Xanxerê – A falta de profissional para o Instituto Geral de Pericias de Xanxerê é algo recorrente, o funcionamento, segundo a perita criminal e coordenadora do núcleo do IGP de Xanxerê, Silvana Ogliari Schurhaus, sempre foi com o mínimo de profissionais o que dificulta algumas ações, entre elas a expedição do documento de identidade, realizado pelo IGP.


Uma das preocupações do órgão, que tem três estagiários e uma auxiliar criminalística, é que com a saída da auxiliar que passou em um concurso, o serviço de identificação fique prejudicado, por isso Silvana realizou um pedido junto a Agência de Desenvolvimento Regional -ADR Xanxerê e Governo do Estado para que uma das profissionais lotadas na Agência passe para o IGP.


Segundo o secretário da ADR Xanxerê, Ideraldo Sorgatto, o pedido de decência da profissional foi oficializado e deve ocorrer o mais breve possível.

O setor de identificação atende os 14 municípios da AMAI, que vem a Xanxerê para finalizar o processo da identificação, eles representam do total de emissões realizadas até outubro deste ano, 60% dos 10.350 documentos de identificação emitidos no período. De Xanxerê o número chega a quatro mil.


Para atender a demanda de público, Silvana comenta que gostariam de ampliar o horário, que hoje é do meio dia às 18horas, porém a falta de profissional inviabiliza a proposta.


“Queríamos ampliar o horário, pelo menos até às 19h ou então o dia todo para facilitar para a população, mas com a falta de profissionais não dá. Porque como a responsável pelo setor, também tem escala de plantão com os peritos, isso gera banco de horas que é retirado em folga, mas quando uma folga, sobrecarrega outra”, pontua.


A transferência da profissional é a esperança do Instituto, já que não há previsão para novos concursos e acordos de cooperação, segundo Silvana, já foram discutidos com o município e Estado, porém não foram atendidos.


“Já faz anos que estamos tentando um novo profissional, já tentamos convênio com município, estado e não tivemos sucesso até agora, a esperança é que a possibilidade de vinda da profissional da ADR se concretize”, finaliza.

FOTO: CRISTIANE ALINE

Veja também

Há 14 anos era postado o primeiro vídeo no youtube. Saiba qual foi23/04 Em 23 de abril de 2005 foi ao ar o primeiro vídeo do YouTube. "Me at the Zoo" ("Eu no zoológico") tem apenas 18 segundos e foi postado por Jawed Karim, cofundador do site. Era o começo de uma das mais importantes páginas da história da internet. No vídeo, gravado por seu amigo Yakov Lapitsky, Karim aparece em frente ao cercado dos elefantes no......
Casa da Cultura promove intervenções no comércio de Xaxim10/06 “Calma, não somos assaltantes e não queremos roubar, apenas queremos apresentar o melhor e maior ator de Xaxim: João”. Essa frase é entoada em voz alta pelo professor de teatro da Casa da Cultura, Alejandro Abdala, em......

Voltar para Geral