Postado em 30 de Janeiro às 09h51

Morte por suspeita de meningite ascende alerta para os sintomas

Bebê de dois meses, natural de Ponte Serrada, acabou falecendo. Exame foi encaminhado para laboratório em Florianópolis.

Por: Joimara S.Camilotti


Xanxerê – Um menino de apenas dois meses, acabou falecendo no fim de semana, após ficar internado no Hospital Regional São Paulo, com suspeita de meningite. O bebê, natural de Ponte Serrada, deu entrada no hospital no sábado (26), com várias complicações, entre elas paradas cardíacas e por volta das 16h de domingo, acabou falecendo.


O caso chamou a atenção, principalmente por não ser comum óbitos por meningite na região. O Hospital Regional São Paulo emitiu uma nota sobre a suspeita. “Informamos que foi realizada a coleta de material para exame e encaminhado ao Laboratório Central do Estado (Lacen). A confirmação do diagnóstico, bem como do tipo de meningite (caso este for o diagnóstico), só será possível com o resultado do Lacen. A Vigilância Epidemiológica também foi informada sobre o caso”.


Conforme informações divulgadas, a família da criança reside no Bairro Coabh de Ponte Serrada e o bebê havia nascido prematuro.


Dados divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC (Dive/SC), referentes a 2018, apontam que foram confirmados 89 casos de doença meningogócica no Estado sendo que 16 pessoas morreram. Na Regional de Xanxerê, um caso foi registrado em Xaxim em agosto e não evoluiu para óbito.

Causas
A causa da meningite varia de acordo com o tipo. A mais comum das meningites é aquela causada por vírus, mas há casos também da doença provocada por bactérias. Menos comum, a meningite causada por fungos também pode surgir.


A meningite viral pode ser causada por diversos tipos de vírus e é a forma mais comum e menos perigosa de meningite, pois muitas vezes nem exige tratamento. Os vírus causadores da meningite podem ser transmitidos via alimentos, água e objetos contaminados e são mais comuns entre o fim do verão e o começo do outono.


Meningite bacteriana é a mais grave de todas. Ela ocorre geralmente quando a bactéria entra na corrente sanguínea e migra até o cérebro. Pode acontecer, também, de a doença ser desencadeada após uma infecção no ouvido, fratura ou, mais raramente, após alguma cirurgia. Existe mais de uma bactéria capaz de transmitir a doença.

Fatores de risco

Alguns fatores são considerados de risco para a meningite.


• Idade: meningite viral costuma afetar crianças de até cinco anos, mas a forma bacteriana da doença geralmente atinge adultos na casa dos 20.
• Viver em grandes centros urbanos e frequentar ambientes fechados e cheios de pessoas também podem aumentar os riscos de contrair meningite.
• Gravidez: mulheres grávidas têm maiores chances de contrair listeriose e também a meningite bacteriana causada por Listeria monocytogenes.
• Sistema imunológico comprometido: pessoas com baixa imunidade correm maiores riscos de apresentar meningite também, a exemplo de portadores de Aids ou diabetes e usuários de drogas injetáveis.

Sintomas de Meningite
Os primeiros sinais de meningite, quando manifestados, são facilmente confundidos com os sintomas típicos da gripe. Eles geralmente aparecem de algumas horas até dois dias após a infecção.
Os sintomas mais comuns da meningite são:
• Febre alta repentina
• Forte dor de cabeça
• Pescoço rígido
• Vômitos
• Náusea
• Confusão mental e dificuldade de concentração
• Convulsões
• Sonolência
• Fotossensibilidade
• Falta de apetite
• Rachaduras e presença de manchas vermelhas na pele.


Bebês recém-nascidos portadores de meningite também podem apresentar febre, dor de cabeça, vômitos, confusão, rigidez corporal, moleira tensa ou elevada e inquietação. Às vezes, apenas irritabilidade em crianças ou choro fácil, diferente do normal, pode ser um indício de uma meningite.
 

Veja também

Direção apresenta HRSP e Casa de Acolhida em encontro de saúde na Colômbia13/05 A direção e gerências do Hospital Regional São Paulo, de Xanxerê, participaram este mês de um encontro em Cartagena, na Colômbia, onde apresentaram sobre o hospital e, também, sobre a Casa de Acolhida Santa Bernarda, que hospeda acompanhantes de pacientes do HRSP. O encontro reuniu religiosas, médicos e gestores de instituições de saúde......
Lançada Frente Parlamentar em Combate às Desigualdades Regionais24/04 FOTO: Fábio Queiroz/Agência AL Com o foco principal de incentivar adoção de políticas públicas para diminuir as desigualdades regionais existentes no Estado, foi lançada na tarde desta terça-feira......

Voltar para Geral