Postado em 18 de Abril às 15h04

Papa Francisco vai a prisão, celebra missa e lava pés de presidiários

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina O Papa Francisco volta mais uma vez a celebrar a Ceia do Senhor com o rito do Lava-pés entre os muros de um cárcere, escolhendo este ano Velletri, na...

O Papa Francisco volta mais uma vez a celebrar a Ceia do Senhor com o rito do Lava-pés entre os muros de um cárcere, escolhendo este ano Velletri, na Província de Roma. Todas as vezes que Francisco encontra o mundo do cárcere costuma repetir uma frase que virou um lema: “Por que eles e não eu?”
Estas palavras que parecem ser tão simples, na realidade são um grande questionamento que Francisco coloca a si próprio, mas também a cada um e cada uma de nós que acha normal que uma pessoa pague, ou seja, castigada pelos seus atos e, consequentemente, encarcerada.
Ao final da homilia, o Pontífice prosseguiu a celebração lavando os pés de 12 detentos: um brasileiro, um da Costa do Marfim, um de Marrocos e nove italianos.
Foi a quinta vez o Papa celebrou a Missa da Ceia do Senhor em um Instituto Penal. Em 2013, Francisco foi ao Cárcere de Menores de Casal del Marmo, em 2015 no Cárcere de Rebibbia, 2017 no presídio de Segurança Máxima de Paliano e no ano passado no Cárcere de Regina Coeli.

Veja também

O que muda com o Novo Código de Ética Médica?23/04 Foto: Fábio Rodriguez Pozzebon/Agência Brasil Respeito à autonomia do paciente, inclusive aqueles em fase terminal; preservação do sigilo profissional; direito de exercer a profissão de acordo com a consciência; e possibilidade de recusa de atender em locais com condições precárias são alguns dos pontos previstos no novo Código de......

Voltar para Geral