Nova vida para a Rodovia 282 – trecho Ponte Serrada/Chapecó

Depois de anos de espera, começam as obras de revitalização da BR-282, trecho Ponte Serrada a Chapecó. Infelizmente, o projeto não prevê implantação de terceira faixa em toda a extensão, apenas nos pontos mais críticos da rodovia.

Por Portal DX 30/05/2017 - 13:39 hs

Um milhão/quilometro
Um milhão de reais por quilômetro. Este é o custo da revitalização de um trecho de 77 km da rodovia 282, entre Chapecó e Ponte Serrada. Serão investidos R$ 76,9 milhões no trecho. A obra beneficia todo o Oeste de Santa Catarina e vai trazer mais segurança especialmente para os oito municípios cortados pela rodovia neste trecho.

Vantagens
Uma rodovia revitalizada vai significar redução nos custos do transporte. Hoje a BR-282 é a principal via que escoa a produção do Oeste para os portos do estado. Para se ter uma ideia, somente o agronegócio transporta 500 mil toneladas de carnes e grãos todo o mês. A revitalização deste trecho pode reduzir consideravelmente o número de acidentes.

Intervenções
Este valor investido pelo governo federal através de emendas parlamentares prevê a retirada da capa asfáltica em trechos danificados, reforço asfáltico, implantação de faixas adicionais e interseções, mas o mais interessante é que a prestadora de serviço deverá manter o trecho em boas condições pelos próximos cinco anos, ou seja, ou faz um serviço bem feito agora ou terá que recuperar mais tarde. É um fator positivo do contrato porque por várias oportunidades presenciamos empresas recuperando a malha viária deste trecho, mas a má qualidade do serviço só onerou os cofres do Estado.

Terceira faixa
Sem sombra de dúvidas todos querem ver a rodovia duplicada, mas não será desta vez que teremos a duplicação deste trecho. Destes 77 quilômetros, apenas 13,5km receberão terceira faixa. A implantação da maioria da terceira faixa será nas regiões de Ponte Serrada, Vargeão e Faxinal dos Guedes. Para o trecho Xaxim/Chapecó, apenas um trecho de 500 metros de terceira via será implantado em Cordilheira Alta entre o Km 526,5 até o Km 527, próximo à empresa Ludovico Tozzo. Segundo o Dnit, não há condições apropriadas de relevo para se implantar em outros pontos.

Novos radares
Com a revitalização deste trecho haverá implantação de novos radares de controle de velocidade, especialmente em trechos mais críticos onde hoje ocorrem muitos acidentes e onde há mais tráfego de pedestres. A verdade é que em menos de dois anos teremos uma nova rodovia, com mais fluidez e segurança para motoristas e pedestres.

Drenagem
Um dos trabalhos já realizados pelo Dnit e que já está dando resultado é a drenagem do trecho entre o Distrito Industrial de Xaxim e o Restaurante Acaci. A intervenção feita para direcionar a água da chuva já está dando certo. Neste trecho foram inúmeros os acidentes ocasionados pela aquaplanagem, hoje o trecho já está mais seguro devido às obras de drenagem e limpeza feitas na rodovia.

Curiosidades
·A rodovia BR-282 possui 684 km do Litoral ao Oeste e é de responsabilidade do governo federal;

·A BR-282 é a rodovia responsável por transportar 20% do PIB (Produto Interno Bruto) de Santa Catarina;

·Em 2013 a BR-282 registrou mais mortes que as rodovias BR-101 e BR-470, historicamente conhecidas como as mais perigosas;

·A BR-282, região Oeste, foi palco de duas grandes tragédias: em 2007, na região de Descanso, um acidente resultou na morte de 27 pessoas e mais 100 feridos. Em 2011, a nove quilômetros do local do primeiro acidente, outro acidente vitimou 29 pessoas;

·A pavimentação do trecho entre Joaçaba e Xaxim iniciou em 1954.