INICIADAS AS OBRAS DE AMPLIAÇÃO DA ESCOLA DE LINHA BENTO

Praticamente R$ 500 mil serão investidos em melhorias, que visam atender as demandas dos alunos e profissionais da educação.

Por Portal DX 05/12/2017 - 08:45 hs

O Governo Municipal de Cordilheira Alta iniciou as obras de ampliação da Escola Municipal Bento Gonçalves, para melhor atender aos alunos da unidade de ensino e dar condições adequadas de trabalho aos profissionais da educação, para que possam desenvolver as atividades pedagógicas de maneira eficaz. Estão sendo construídas quatro novas salas de aula e ainda: reforma e ampliação da cozinha e do refeitório, reformas e ampliações nos banheiros, construção de banheiro adaptado aos padrões de acessibilidade e troca de parte da cobertura da escola que apresenta diversos problemas de infiltração. 
A obra está orçada em R$ 474.853,29 (quatrocentos e setenta e quatro mil, oitocentos e cinquenta e três reais e vinte e nove centavos), recursos provenientes do Salário Educação do Governo federal (75%) e próprios do município (25%). A previsão é para que a comunidade escolar já tenha a nova estrutura a disposição no início do próximo ano letivo. 


Para a Secretária de Educação, Katia Ana Di Domenico, é mais um investimento que auxilia no processo de educação. “Esta escola já estava muito necessitada de reformas. É comprovado que as condições adequadas da estrutura escolar, são fundamentais para o processo educacional. São quase R$ 500 mil investidos no futuro de Cordilheira Alta, que são nossos alunos”, ressalta. 
Para o prefeito Carlos Alberto Tozzo, o investimento é imprescindível. “Na área da educação, nosso governo dá muito valor ao fator pedagógico, mas a estrutura das escolas também é uma grande preocupação. Era nosso objetivo esta reforma, pois são mais de 150 alunos que utilizam uma estrutura que já apresentava diversos problemas e estamos conseguindo iniciar a obra ainda antes do final do ano, para que os alunos e os profissionais da educação já possam ter as novas instalações a disposição no início de 2018”, finaliza.