GAECO DESARTICULA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA QUE ATUAVA NO CONTRABANDO DE CIGARRO

Por Portal DX 15/12/2017 - 14:57 hs

Jornaismo CLIC RDC

O Grupo de Atuações Especial de Combate as Organizações Criminosas (GAECO) de Chapecó, realizou na manhã desta sexta-feira (15) uma operação batizada de “Cigarros Sem Fronteira”, com objetivo de desarticular um grupo de criminosos que atuava na região Oeste de Santa Catarina, Sudoeste do Paraná e norte do Rio Grande do Sul.

De acordo com o GAECO, as investigações iniciaram a partir de uma grande apreensão de cigarros ocorrida em Concórdia. Uma apuração realizada pela Procuradoria da República daquela comarca em parceria com o GAECO de Chapecó, Polícia Rodoviária Federal (PRF), além do setor de inteligência da Polícia Militar, foi possível identificar a organização criminosa atuante na região, que segundo o GAECO, é responsável por contrabandear grandes e rotineiras remessas de cigarros de origem Paraguaia.

As investigações apuraram ainda que, os cigarros, após entrarem em território brasileiro pela região de Guairá (PR), eram conduzidos em caminhões baús até Santa Catarina, onde eram distribuídos para diversos estabelecimentos comerciais da região Oeste do Estado, além do Norte do Rio Grande do Sul.

Ainda conforme o GAECO foi possível identificar que um Policial Militar participava do esquema criminoso, dando suporte logístico e segurança à organização.  Foram expedidos 30 mandados de busca e apreensão a serem cumpridos em Francisco Beltrão (PR), Concórdia, Capinzal, Ipira, Outro, Jaborá, Peritiba, Itá, Seara, Marcelino Ramos (RS), Viadutos (RS), dois mandados de prisão preventiva e dez mandados de prisão temporária.

Em entrevista ao ClicRDC, o promotor Alessandro Argenta, disse que “o núcleo dessa organização, sediado em Chapecó, trabalhava com a compra desses cigarros e a destruição para os estabelecimentos comerciais”, finalizou.

As investigações continuam.