STF determina prisão de João Rodrigues em julgamento que ocorreu na tarde desta terça-feira

Por Portal DX 06/02/2018 - 16:14 hs

A 1ª turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter por três votos a dois a condenação e prisão imediata do deputado federal João Rodrigues (PSD-SC). O julgamento aconteceu na tarde desta terça-feira (6).

Votaram a favor da execução imediata da pena os ministros: Luiz Roberto Barroso, Luiz Fux e Alexandre de Moraes. Votaram contra a ministra Rosa Weber e Marco Aurélio Mello.

O deputado foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), a cinco anos e três meses de prisão em regime semiaberto pelos crimes da lei de responsabilidade e da lei de licitações enquanto era prefeito do município de Pinhalzinho.