Inter comanda segundo tempo, mas para em goleiro reserva do Cruzeiro

Inter comanda segundo tempo, mas para em goleiro reserva do Cruzeiro

Substituto de Fábio, Rafael foi o grande destaque da partida

Por Portal DX 30/04/2018 - 08:17 hs

O Inter apenas empatou em 0 a 0 com o time reserva do Cruzeiro neste domingo no Beira-Rio em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Após um primeiro tempo com dificuldades, o Colorado empilhou chances de gol na etapa final, mas parou em grande atuação do goleiro Rafael.

Com o empate, o Inter vai a quatro pontos e fica em 9º lugar na tabela do Brasileirão. O Cruzeiro somou seu primeiro ponto na competição. O Colorado agora vai jogar duas partidas fora de casa. No próximo domingo, às 16h, enfrenta o Flamengo no Maracanã. No dia 12 vai à Arena para o primeiro Gre-Nal do Campeonato Brasileiro.

Rafael vira destaque do jogo

Se no primeiro tempo o Inter criou chances, mas não deu trabalho para Rafael, a etapa final foi completamente diferente. O goleiro do Cruzeiro precisou logo fazer três grandes defesas. A primeira foi aos três, quando Patrick tentou de calcanhar após cruzamento de D’Alessandro, mas Rafael, com um tapa na bola, impediu o gol colorado.

O Inter manteve o ímpeto ofensivo no começo do segundo tempo e teve mais uma boa chance com Patrick. Aos 9, ele arriscou da entrada da área e só não marcou porque Rafael deu uma ponte para fazer a defesa. O gol quase veio em seguida em um chute de D’Alessandro da entrada da área, mas novamente Rafael defendeu. 

Com o placar zerado, Odair começou a mexer na equipe. Lucca e Nico López entraram nos lugares de Damião e Edenilson, tornando o time mais ofensivo. O estreante Lucca quase marcou o seu aos 26. O atacante arriscou um chute de fora da área e acertou a trave.

Lucca voltou a ter uma oportunidade logo depois, mas dessa vez parou em Rafael. O goleiro pulou no canto direito e impediu o gol colorado. Na sequência, D’Alessandro tentou o gol olímpico, mas de novo Rafael tirou de soco.

O Inter seguiu pressionando. Odair Hellmann fez mais uma troca ofensiva com a entrada de Wellington Silva no lugar de Dourado, mas não foi suficiente. O Colorado seguiu parando em Rafael, que terminou como a grande figura da partida.

*Correio do Povo