Governador de SC dá ultimato aos caminhoneiros grevistas

Governador de SC dá ultimato aos caminhoneiros grevistas

Por Portal DX 29/05/2018 - 15:25 hs

Em reunião com o seu Comitê de Crise, o governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) afirmou que a situação da greve dos caminhoneiros em Santa Catarina, chegou ao limite. Diante dos prejuízos e das dificuldades enfrentadas pela população, ele enfatizou que mesmo o Estado conseguindo manter os serviços essenciais, o momento é de recuperar a normalidade e a ordem pública. “A partir de hoje a normalidade deverá começar a voltar em Santa Catarina, fruto das nossas decisões. O limite é hoje”, reforçou.

O pronunciamento do governador foi na sala de imprensa do Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres, o Cigerd. Ainda pela manhã, Pinho Moreira esteve na sala de operações e agradeceu às equipes, as quais, segundo ele, trabalham 24 horas há nove dias. “Santa Catarina se organizou desde o primeiro momento, para manter os serviços básicos e essenciais a todos os catarinenses”, observou.

O governador também reconheceu que as reivindicações dos caminhoneiros são legítimas, repetindo a crítica de que está sendo aplicada uma política equivocada de preços dos combustíveis pela Petrobrás. Por outro lado, pediu a compreensão e bom senso do movimento grevista para que o Estado retorne à situação de normalidade e possa começar o trabalho de recuperação dos prejuízos causados pela paralisação.

Reunião de emergência
Durante a reunião de líderes das bancadas na Assembleia Legislativa, o deputado Milton Hobus (PSD) provocou um encontro com entidades de classe, como a Fiesc, Fecomércio, Fecoagro, entre outras. A conversa acontece neste exato momento a portas fechadas, na presidência da Alesc.

O governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) também participa, além dos demais deputados. Eles discutem com a Defesa Civil, possíveis medidas para minimizar os efeitos da greve dos caminhoneiros. Insumos básicos já faltam em diversas áreas.