Eleição de cacique em aldeia kaingang vira caso de polícia

Índios pedem a presença urgente da Funai e Polícia Federal na reserva Ipuaçu, onde haverá eleição no próximo domingo (10/06)

Por Portal DX 04/06/2018 - 08:22 hs

A eleição de cacique marcada para acontecer no último domingo, dia 3 de junho, foi adiada para o próximo domingo, dia 10.  A O clima na região não é de tensão, segundo o Portal JB Foco, que recebeu denúncia informando que partidários do atual cacique estão ameaçando a comunidade caso não votarem na atual liderança.

“Onde está a Funai (Fundação Nacional do Indío)? Onde está a Polícia Federal?”, perguntou um denunciante que entrou em contato com o veículo de comunicação para que este publique uma matéria e que as autoridades venham a saber do problema na reserva Ipuaçu. O indígena pediu para que essa notícia seja divulgada a toda comunidade indígena catarinense.

Os índios pedem que representantes da Funai e Polícia Federal compareçam à aldeia a fim de supervisionar a eleição ao longo desta semana. Eles alegam que ‘não têm mais como aguentar tanta pressão’.

Ainda conforme o denunciante, alguns partidários do atual cacique costumam dar tiros para o alto tipo dando mensagem: se não votarem no candidato deles, eis o que pode acontecer. Esses tiros têm abalado crianças da criança, ainda mais quando escutam que seus pais podem “morrer”. Os índios solicitam que a Polícia Federal investigue tais intimidações.

*Com informações de JB  FOCO