Postado em 08 de Janeiro de 2019 às 10h36

Quase 80 presos não retornam aos presídios de SC, após saídas temporárias de fim de ano

77 dos 2,7 mil apenados beneficiados não retornaram às cadeias até a última segunda-feira.

Chapecó - A administração do sistema prisional catarinense registrou a evasão de 77 dos 2,7 mil apenados que deixaram as cadeias do Estado com autorização para saída temporária no final do ano. O número representa um percentual de evasão de 2,8%, contra 4,2% registrado no mesmo período de 2018.


Para o secretário de Administração Prisional, Leandro Lima, a proporção de evadidos é positiva se for considerada a realidade do sistema prisional do país.


—O percentual de 2,8% ainda é uma das menores taxas do país, comprovando que o sistema penitenciário catarinense vive uma nova realidade, com trabalho e educação para os apenados e segurança para a sociedade— afirmou.


EVASÕES
Chapecó (penitenciária) - 15
Palhoça (colônia agrícola) - 12
Itajaí (penitenciária) - 10
Itajaí (presídio) - 1
Blumenau (presídio) - 6
Criciúma (presídio) - 6
Tubarão (presídio masculino) - 5
São Pedro de Alcântara (penitenciária) - 5
Jaraguá do Sul (presídio) - 3
Joinville (penitenciária) - 2
Joinville (presídio) – 1
Lages (presídio) - 2
Curitibanos (penitenciária) 2
Araranguá (presídio) - 2
Concórdia (presídio) - 1
Florianópolis (penitenciária) - 1
Videira (UPA) - 1
Tijucas (presídio) - 1
São Cristóvão do Sul (penitenciária) – 1


(fonte: NSC)

Veja também

PM de Chapecó prende homem por tráfico de drogas no bairro Seminário02/05/19 Na noite de terça-feira, 30, a Polícia Militar retirou das ruas mais uma quantia considerável de drogas e efetuou a prisão de um homem de 29 anos por tráfico de drogas. A guarnição da Polícia Militar,......
Quatro pessoas são detidas após briga de "rixa" em Xanxerê.03/06/19 A Polícia Militar atendeu ocorrência de discussões e brigas generalizadas envolvendo varias pessoas, fato tipificado no crime de Rixa. O fato ocorreu na Rua Dosolino Cavagnoli, Loteamento João de Barro, Xanxerê, na noite de......

Voltar para Polícia