Postado em 05 de Abril às 09h45

Xanxerense suspeita da morte do marido alega legítima defesa

Durante a briga teria ocorrido agressão mútua, tanto que a Eliane também apresentou ferimentos e hematomas.

União da Vitória - A xanxerense Eliane Narcizo Giacomelli, 33 anos, suspeita de matar o marido na terça-feira (2), se apresentou na tarde de quinta-feira (4) na Delegacia de Polícia de União da Vitória (4ª SDP), no Paraná. Ela estava em Xanxerê e chegou acompanhada de seu advogado, Gilmar Pereira.

Conforme o delegado chefe, Douglas Possebon Freitas, Eliane disse que, na noite do crime, teve uma discussão com Jamil José Sokolek, 36 anos, e que teria sido agredida fisicamente e arrastada do quarto para a sala de casa. Foi quando apanhou uma faca, que estava sobre um móvel, e golpeou o homem, fugindo logo após com seu filho de quatro anos.

Durante a briga teria ocorrido agressão mútua, tanto que a Eliane também apresentou ferimentos e hematomas. No entanto, ela disse que, apesar das seis facadas, não tinha certeza se Jamil estava morto. Ainda segundo o depoimento de Eliane, Jamil era ciumento e não aceitava seu filho, fruto de um relacionamento anterior. Disse também que parou de trabalhar como caminhoneira por imposição do marido.

Após o crime, a mulher levou o filho para a casa de um amigo, pediu que comunicasse a polícia e fugiu para Xanxerê. O delegado disse que ela vai responder por homicídio simples em liberdade por ter se apresentado, ter domicílio e ocupação, e não possuir antecedentes criminais.

(fonte: Verde Vale)
 

Veja também

Preso na Polícia Federal, ex-presidente Temer vai receber a "quentinha" da carceragem a partir de hoje10/05 O ex-presidente Michel Temer (MDB), de 78 anos, passou a primeira noite na sede da Polícia Federal em de São Paulo. Ele se entregou na tarde desta quinta-feira (9) para cumprir prisão após revogação do habeas corpus que o mantinha livre. O ex-presidente não está na carceragem, localizada no terceiro andar, junto com os outros presos, ele ficou em uma sala a......
MPSC denuncia esposa de coronel da PM por homicídio do marido07/06 O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) apresentou, na tarde desta sexta-feira (7/8) denuncia contra Tânia Zappelline Ribeiro pelo homicídio de seu esposo, o Coronel da Polícia Militar Silvio Gomes Ribeiro. O crime......

Voltar para Polícia