Postado em 21 de Janeiro às 09h08

Governo do Estado espera entregar ponte Hercílio Luz até o fim de 2019

As afirmações foram dadas pelo governador Carlos Moisés, que participou de uma reunião com representantes do governo, da prefeitura de Florianópolis e de entidades representativas na sede da Associação Catarinense dos Engenheiros (ACE).

Florianópoli - As obras de revitalização da ponte Hercílio Luz terão continuidade em 2019, e a expectativa do governo do Estado é que a obra fique pronta até dezembro deste ano. As afirmações foram dadas pelo governador Carlos Moisés, que participou de uma reunião com representantes do governo, da prefeitura de Florianópolis e de entidades representativas na sede da Associação Catarinense dos Engenheiros (ACE). O secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler, e o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro também estiveram no encontro, além de outras autoridades.

Inicialmente, foi apresentado por Hassler um panorama do atual estágio da obra. O secretário elencou providências que precisam ser tomadas para garantir a entrega até o fim de 2019. Trata-se de investimentos ainda não contratados, no valor de R$ 41,2 milhões. No curto prazo, o mais importante deles é um reforço na estrutura que suporta a ponte, no valor de R$ 3,1 milhões, a ser realizado de maneira emergencial.

“Hoje, se esse serviço não for executado, a obra para. Por isso, a importância da celeridade no desenvolvimento desse trabalho”, explicou Hassler.

Segundo o governador, a reunião teve a intenção de dar mais transparência aos atos públicos, um lema da atual gestão. “Nós vamos trabalhar para entregar aquilo que está planejado. Iremos tomar decisões em conjunto e apresentar para a população. Esse é o objetivo do encontro. É uma forma de dar transparência ao nosso governo".

Moisés também salientou que novas reuniões ocorrerão entre representantes do governo do Estado e da prefeitura para tratar da utilização futura da ponte, com prioridade para o transporte público e para as pessoas, e da revitalização do entorno, responsabilidade da administração municipal.

Veja também

Opositores de Maduro preparam protestos para 1º de maio20/04 Foto Carlos Garcia Rawlins Em meio à crise política na Venezuela, opositores do governo Nicolás Maduro, liderados pelo autoproclamado presidente interino do país, Juan Guaidó, organizam uma megamanifestação para o dia 1º de maio em todo o país. A data é internacionalmente celebrada como Dia do Trabalho. Em uma série de......

Voltar para Política