Postado em 16 de Maio às 08h34

Silvio Dreveck é contra corte de recursos da UDESC

Portal DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina O deputado estadual Silvio Dreveck (Progressistas) se posicionou contrário ao corte de recursos da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), que está...

O deputado estadual Silvio Dreveck (Progressistas) se posicionou contrário ao corte de recursos da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), que está previsto no projeto de lei enviado pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa (Alesc), o chamado duodécimo.

Para Silvio Dreveck, a UDESC é uma instituição que tem dado uma grande contribuição na formação das pessoas e no conhecimento, ajudando diretamente no desenvolvimento de Santa Catarina. “Eu vou defender a permanência do duodécimo porque conheço a Udesc há muitos anos e não teria como ser favorável à redução dos recursos à universidade”, ressalta Dreveck.

O reitor em exercício da UDESC, Leandro Zvirtes, o diretor-geral do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) da Udesc, Éverton Cancellier, acompanhado do vereador de Florianópolis, Pedro de Assis Silvestre, o Pedrão, estiveram com o deputado nesta quarta-feira (15) na Assembleia Legislativa, para discutir o Projeto que quer reduzir em 10% o repasse de recursos via duodécimo à universidade, um corte que representa mais de R$ 40 milhões.

O reitor em exercício afirmou que a conversa foi boa e produtiva, e ressaltou a pronta disposição do deputado em ajudar a universidade. "Acreditamos que podemos nos mobilizar em defesa da nossa universidade sem prejuízo aos serviços educacionais que prestamos", declarou o diretor-geral Cancellier.

Na segunda-feira (13) em São Bento do Sul representantes do Centro de Ciências Tecnológicas (CCT) e do Centro de Educação do Planalto Norte (Ceplan) da Udesc, se reuniram com o deputado para discutir sobre o projeto.

O diretor José Fernando Fragalli do Campus Joinville, diz que se esse corte se concretizar demissão de professores substitutos e funcionários terceirizados não estão descartadas. “Cortes de bolsas de pesquisa, extensão e apoio discente, além da suspensão de compra de equipamentos e de melhorias em laboratórios e salas de sala terão que acontecer”, afirmou Fragalli. O diretor Nilson Ribeiro Modro do Campus São Bento do Sul, acompanhado de professores e acadêmicos, ressaltaram que o corte afetará a instituição em questões primordiais.

Conforme Silvio, a Udesc fez e faz muito por Santa Catarina e pelo país. “Uma universidade que leva conhecimento de grande qualidade, formando pessoas para o mercado de trabalho. Não vou ser incoerente com o que sempre defendi, sou a favor da Udesc e da educação, porque é um dinheiro bem aplicado”, afirmou o deputado. 

Veja também

Corte Suprema confirma julgamento de Cristina Kirchner na terça-feira17/05 Foto: Alberto Raggio/Reuters/Direitos reservados A Corte Suprema de Justiça da Argentina confirmou para a próxima terça-feira (21) o primeiro julgamento oral da ex-presidente Cristina Kirchner por corrupção. O juízo oral estava marcado inicialmente para acontecer no dia 26 de fevereiro, mas foi adiado por problemas de saúde de um dos juízes do caso, que......

Voltar para Política