Postado em 07 de Fevereiro de 2019 às 15h30

Prefeito de Marema conclui gestão de Presidente da AMAI

Com satisfação, Barella avalia a gestão frente da entidade, como um ano de crescimento e avanços. 

Marema - Na próxima sexta-feira (08), o Prefeito de Marema, Adilson Barella - atual Presidente da AMAI (Associação dos Municípios do Alto Irani), transmitirá o cargo de Presidente, para a Prefeita Eliéze Comachio, de São Domingos. A cerimônia vai acontecer em Faxinal dos Guedes. O evento também vai comemorar os 40 anos da entidade. Participarão mais de 300 convidados, entre ex-presidentes, lideranças nacionais e regionais.

Com satisfação, Barella avalia a gestão frente da entidade, como um ano de crescimento e avanços. O Prefeito explica que a AMAI funciona como uma ponte entre a sociedade, os prefeitos e o Estado.

“A associação integra 14 municípios da região e é o local onde são expostas as necessidades e pleitos dos administradores. Através da união e do cooperativismo entre as cidades, são buscadas soluções conjuntas, desde pleitos políticos, até a realização de obras para melhorar a qualidade de vida regional,” explica.

Barella cita como ações de destaque no último ano, iniciativas envolvendo a capacitação dos servidores públicos, com a arrecadação de alimentos e demais donativos para entidades cadastradas; a criação de uma plataforma de educação à distância, para profissionalizar os servidores públicos municipais e a comunidade interessada; programas de valorização histórica e cultural da região, com envolvimento de estudantes; o fomento do turismo; além do amplo apoio contábil, fiscal e de engenharia.

Junto com a posse da diretoria executiva de 2019, o evento desta sexta-feira, vai contar com a apresentação da história da AMAI; entrega de comendas aos homenageados; e coquetel. São parceiros e patrocinadores da festa, as empresas Betha, Continental, Cresol e Sicoob Valcredi Sul.

Veja também

Prefeitura de Xanxerê inicia nova etapa de regularização fundiária24/07/19 Mais de 230 registros de propriedades definitivos (matrículas) foram entregues nos últimos dois anos aos moradores de áreas irregulares através do Programa Lar Legal, realizado pelo Poder Judiciário, Ministério......

Voltar para Cidades