Postado em 28 de Maio de 2019 às 14h38

Refugiados venezuelanos são acolhidos em Chapecó

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina O oeste catarinense acolhe o primeiro grupo de refugiados venezuelanos que chega ao sul do Brasil. Transportados pelo Governo Brasileiro, um grupo de 81 pessoas chegou na...

O oeste catarinense acolhe o primeiro grupo de refugiados venezuelanos que chega ao sul do Brasil. Transportados pelo Governo Brasileiro, um grupo de 81 pessoas chegou na segunda-feira (27) no Aeroporto Serafim Enoss Bertaso, de Chapecó, e outros 70 chegam nesta quarta-feira (29).

No total, o grupo é formado por 150 adultos, homens e mulheres oriundos de várias regiões da Venezuela que – fugindo da violência que eclodiu naquele país sul-americano – adentraram em território brasileiro por Pacaraima (Estado de Roraima). Eles foram acolhidos por instituições assistenciais e recrutados pelo Exército Brasileiro para trabalhar no sul. Chegam a Chapecó com documentos oficiais fornecidos pelas autoridades do Brasil. Receberão treinamento e irão trabalhar nas unidades industriais da Cooperativa Central Aurora Alimentos de Chapecó e Guatambu, além da JBS de Itapiranga. Os trabalhadores venezuelanos ocuparão vagas nas áreas de produção e apoio.

Entidades assistenciais locais, a diretoria da Aurora e o prefeito Luciano Buligon recepcionaram os imigrantes na manhã desta terça-feira (28) no Frigorífico Aurora Chapecó I (FACH I), com ação de boas-vindas e orientações sobre a nova fase que viverão no Brasil.

Essa ação humanitária envolve a Igreja Católica, a Força Aérea Brasileira, a Polícia Federal, o Ministério do Trabalho e a Aurora Alimentos, ao lado de outras instituições.

Em Chapecó, o acolhimento dessas pessoas tem o apoio das Paróquias do Centro e São Cristóvão. A Igreja está providenciando casas de aluguel para abrigá-las. A maior parte do grupo (cerca de 100) irá morar em Guatambu, outros ficarão em Chapecó e Itapiranga. Haverá ajuda financeira do exterior para pagamento dos primeiros dois meses de aluguel.

O vice-presidente da Aurora Alimentos Neivor Canton expôs que os imigrantes serão treinados como qualquer outro empregado contratado, nas indústrias da Aurora Alimentos, para atividades operacionais em frigoríficos. Receberão salários e plano de benefícios como os trabalhadores brasileiros.

O visto de trabalho será renovado anualmente até conseguirem a condição definitiva de permanência.

  • PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina -
  • PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina -
  • PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina -
  • PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina -
  • PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina -
  • PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina -
  • PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina -

Veja também

Polícia Militar e Conseg articulam implantação da Rede de Vizinhos no bairro Flor16/07/19 Na noite da última terça-feira (15) a Polícia Militar e Conseg reuniram moradores do Bairro Flor e Loteamento Soccol para implementar mais uma rede de Vizinhos no município. Na oportunidade os moradores receberam orientações da soldado Betanin em relação as questões de segurança nas residências e se cadastraram para participar do......
Secretaria Municipal de Educação entrega novos brinquedos aos Ceims de Xaxim03/05/19 Os sorrisos nos rostos dos alunos dos Centros de Educação Infantis de Xaxim evidenciaram a alegria com os novos brinquedos. Para estimular ainda mais a ludicidade e a recreação, o Governo de Xaxim por meio da Secretaria Municipal......
Deputada Caroline De Toni destina emenda ao HRSP15/07/19 A direção do Hospital Regional São Paulo (HRSP) recebeu na última sexta-feira (12) uma indicação de emenda no valor de R$ 300 mil, realizada pela deputada federal Caroline De Toni (PSL). O recurso, para custeio de......

Voltar para Cidades